EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Com a chegada do PlayStation 5, a Sony inaugurou também a PS Plus Collection, uma nova função que permite que você jogue diversos títulos do PlayStation 4 no novo console. Infelizmente, como já era de se esperar, algumas pessoas começaram a tirar proveito disso e passaram a “vender” acesso a contas do serviço para terceiros – uma violação dos termos de uso da plataforma.

O que foi descoberto recentemente, porém, é que a Sony antecipava esse comportamento e criou mecanismos de defesa para coibir a prática. Segundo uma postagem vista na página Nmia Gaming do Facebook e confirmada posteriormente pela própria empresa, a Sony está banindo contas da PS Plus Collection onde sejam identificados mais de 50 logins e/ou compras de jogos em várias regiões.

publicidade

已有多ä½ÂçŽ©å®¶å映,曾使用PS5幫人代領「PS Plus…

Posted by Nmia 尼未äºÅ¾ on Wednesday, November 25, 2020

Entendendo o esquema

A PS Plus Collection funciona da seguinte forma: você tem uma assinatura da PlayStation Plus em seu nome, e usa uma chave de ativação do PlayStation 5 para acionar a coleção, que lhe confere acesso a 20 jogos da geração anterior no novo console, mas que também podem ser baixados e jogados gratuitamente no PlayStation 4.

Algumas pessoas – majoritariamente, usuários chineses -, estão pedindo que amigos que compraram um PlayStation 5 se loguem em suas contas e façam a ativação da PS Plus Collection, devolvendo-as em seguida com o serviço ativado e, assim, baixar gratuitamente diversos jogos no PS4.

publicidade

Pelo que a Sony confirmou dos relatos, porém, a coisa é um pouco mais aprofundada. Embora o processo de login e ativação seja simples, a empresa tem como saber qual máquina promoveu o acesso à PS Plus Collection. Quando ela identifica que aquele aparelho fez algo em torno de 50 ativações ou baixou jogos de diversas regiões, automaticamente suas defesas entendem aquele sistema como “hackeado”.

Banimento das contas

No momento em que uma máquina é vista pela empresa como hackeada, duas coisas vão acontecer: a primeira e mais óbvia é o banimento temporário das contas ativadas. Segundo os relatos da imprensa internacional, isso dura em torno de dois meses.

A segunda, e mais drástica, é o banimento permanente da máquina que a empresa entende como em violação dos termos de uso do PlayStation 5. Em suma, se você pediu ao seu amigo para ativar a PS Plus Collection em sua conta pelo console do seu amigo, ele vai precisar comprar outro console.

Reprodução

PlayStation 5 pode acabar permanentemente banido se você abusar de certos recursos online do novo console. Foto: Olhar Digital/Reprodução

E essa segunda parte pode ser complicada. Conforme o Olhar Digital mostrou no início da semana, a Sony está comemorando a demanda em alta do PlayStation 5, levando a uma certa falta de estoque do novo console na maioria dos mercados. Ou seja, repor um console banido pode ser algo demorado.

No momento, usuários da página no Facebook relatam contatos com o suporte ao consumidor da Sony, para saber se há alguma forma de reverter banimentos do tipo. Por ora, a empresa apenas assegurou o caráter temporário às contas envolvidas, mas não aos consoles.

Fonte: GamingPH / Nmia Gaming