EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Nove meses depois de seu lançamento nos consoles tradicionais e PC, “Doom Eternal”, jogo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela id Software e produzido pela Bethesda, finalmente desembarca no Nintendo Switch. E como forma de compensar os fãs do portátil pela demora, o jogo chega à plataforma com alguns recursos exclusivos.

O maior destaque fica para o que a empresa chamou de “mira por movimento”, tirando proveito dos sensores de movimento (giroscópio) instalados nos Joy-cons, os controles do Nintendo Switch. Segundo a Bethesda, esse formato de mira pode ser usado em conjunto com o modelo analógico, trazendo o que ela acredita ser uma “mistura perfeita de imersão e precisão”.

publicidade
Trailer de “Doom Eternal” para Nintendo Switch, cortesia da Bethesda Softworks.

Além disso, “Doom Eternal” traz para o Switch um modo multijogador chamado de “Battlemode” – este, também presente nas outras plataformas –, onde três jogadores participam de uma partida combativa: um deles encarna na pele do Doomslayer, o guerreiro protagonista do jogo, enquanto os outros dois se unem no papel de demônios, tentando derrubar o adversário.

“Doom Eternal”: Indicado ao Game Awards

A versão para Nintendo Switch de “Doom Eternal” foi desenvolvida pela Panic Button, a empresa responsável por transportar para o console portátil versões retrabalhadas de clássicos como “Doom” (2016), “Wolfenstein II: The New Colossus” e “Wolfenstein: Youngblood”.

“Doom Eternal” conquistou imenso sucesso junto à crítica especializada e também seu público. Em nossa análise, o Olhar Digital elogiou a dificuldade do jogo e o seu ritmo acelerado de combate, que preenche a tela com inimigos vindos de todos os cantos, forçando o jogador a pensar de forma estratégica em como matar seus oponentes demoníacos.

“O game encoraja o jogador a realizar assassinatos brutais em troca de recursos. Quando um dos demônios está enfraquecido, ele começa a piscar mostrando que está apto a ser executado de forma brutal com a motoserra do protagonista – ou qualquer outro equipamento que estiver ao alcance. Isso rende baldes de sangue que fariam os filmes de Quentin Tarantino sentirem inveja do game”.

publicidade
Review: “Doom Eternal”, Olhar Digital – 20/3/2020

Não por menos, “Doom Eternal” é indicado para quatro categorias do Game Awards, a premiação mais prestigiosa do mercado mundial de jogos – entre elas, Jogo de Ação do Ano e Jogo do ano de 2020. O game chega ao Nintendo Switch a partir de 8 de dezembro.