EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Ford Motor Company anunciou nesta segunda-feira (11) que irá fechar suas fábricas no Brasil, localizadas em Camaçari (Bahia), Taubaté (São Paulo) e Horizonte (Ceará).

A produção de veículos nas fábricas de Camaçari e Taubaté será encerrada “imediatamente”. Já a fábrica de Horizonte, que produz peças e veículos da Troller, continuará operando até o quarto trimestre. Como consequência do fechamento das fábricas, a Ford encerrará as vendas do EcoSport, Ka e T4 assim que terminarem os estoques.

publicidade

O motivo é uma redução de 26% nas vendas de veículos no Brasil no último, em comparação com 2019, e a expectativa de que o mercado levará até 2023 para se recuperar, o que deixou as fábricas subutilizadas. 5.000 trabalhadores serão afetados.

“A Ford está presente há mais de um século na América do Sul e no Brasil e sabemos que essas são ações muito difíceis, mas necessárias, para a criação de um negócio saudável e sustentável”, disse Jim Farley, presidente e CEO da Ford.

“Estamos mudando para um modelo de negócios ágil e enxuto ao encerrar a produção no Brasil, atendendo nossos consumidores com alguns dos produtos mais empolgantes do nosso portfolio global. Vamos também acelerar a disponibilidade dos benefícios trazidos pela conectividade, eletrificação e tecnologias autônomas suprindo, de forma eficaz, a necessidade de veículos ambientalmente mais eficientes e seguros no futuro.”

O fechamento das fábricas gerará um gasto de US$ 4,1 bilhões (R$ 22,4 bilhões) para a montadora. Após a conclusão da operação a Ford terá apenas duas fábricas na América Latina, uma na Argentina e outra no Uruguai

publicidade

Fonte: Reuters