EnglishPortugueseSpanish

Na sexta-feira (22), a Microsoft anunciou que a Xbox Live Gold, serviço que permite jogar títulos com outros jogadores online, sofrerão reajustes em alguns países – incluindo os Estados Unidos – nas próximas semanas. O aumento será variável, dependendo do pacote adquirido, e adicionará entre US$ 1 e US$ 11 aos planos atuais.  

Anteriormente, a empresa oferecia opções de assinatura que variavam entre um, três e doze meses. Os valores até então eram de, respectivamente, US$ 10, US$ 25 e US$ 60. Agora, com a exclusão do pacote de um ano, os usuários terão à disposição o período máximo de seis meses – que chega pelos mesmos US$ 60.  

publicidade

“Periodicamente, avaliamos o preço de nossos serviços para refletir as mudanças nos mercados regionais e continuar a investir na comunidade Xbox; faremos ajustes de preço para o Xbox Live Gold em mercados selecionados. Em muitos mercados, o preço do Xbox Live Gold não mudou por anos”, escreveu a empresa para justificar a decisão. Veja os novos preços. 

  • 1 mês – US$ 10,99 
  • 3 meses – US$ 29,99 
  • 6 meses – US$ 59,99 

Lançada originalmente em 2002, a Xbox Live era comercializada por US$ 50 por ano. Com a chegada do Xbox 360, alguns reajustes foram feitos – e mais opções de assinatura introduzidas. Nos EUA, a última vez que o preço foi reajustado foi em 2010, quando os valores atuais começaram a ser praticados.  

Situação do Brasil  

Felizmente, aqui no Brasil, segundo a assessoria da Microsoft, o reajuste não acontecerá. Isso pode ser justificado pelo fato de que houve um aumento em território nacional em outubro de 2020.  

Na época, os planos Live Gold e Game Pass Ultimate aumentaram o valor. O pacote anual da Gold, por exemplo, passou a custar R$ 199 – seu preço era de R$ 149. A versão de três meses foi reajustada de R$ 69 para R$ 85,99. 

publicidade

Via: Kotaku