EnglishPortugueseSpanish

Tradicionalmente, a propaganda nos Estados Unidos costuma pegar muito mais pesado com os concorrentes do que vemos aqui no Brasil. Eles não têm receio algum de citar os rivais – e até dar uma provocada de vez em quando. Foi o que aconteceu com a Microsoft no comercial do Surface Pro 7.

O vídeo, que foi ao ar no intervalo dos jogos da NFL, coloca o MacBook Pro da Apple contra o aparelho da Microsoft. Entre as vantagens do produto, o garoto-propaganda compara a tela sensível ao toque do Surface com a famigerada Touch Bar do notebook da maçã.

publicidade

“O Mac me deu esta pequena barra, mas por que eles não podem simplesmente me dar uma tela inteira sensível ao toque?”, pergunta o menino comparando os dois laptops. Essa é uma demanda antiga de alguns usuários do MacBook Pro – outros pedem a remoção da Touch Bar por completo.

A ferramenta é, basicamente, uma tela OLED que fica no teclado e substitui as teclas de função. E ainda é possível que a Microsoft esteja fazendo a provocação com propriedade, já que de acordo com Steve Bathiche, gerente do grupo de ciências aplicadas da empresa, uma ideia bastante parecida foi trabalhada em 2009.

A Touch Bar, do MacBook Pro. Imagem: blackzheep/Shutterstock

A Apple estaria planejando um redesenho para o MacBook Pro ainda este ano, com rumores de que a Touch Bar será substituída por teclas de função físicas. A nova linha de laptops da Apple deve trazer processadores Apple Silicon (ARM), abandonando de vez a Intel, além de conectores MagSafe para recarga de dispositivos.

A Microsoft já fez outras provocações à Apple em suas campanhas de publicidade. Sempre reacendendo a polêmica discussão entre “PC vs Mac”, a empresa já chegou até a contratar uma pessoa chamada Mac Book (na verdade, Mackenzie Book) para convencer os usuários a comprarem um laptop Surface.

Via: The Verge