EnglishPortugueseSpanish

Recentemente, o Signal começou a ganhar muitos utilizadores. Isso porque, os usuários do WhatsApp começaram a procurar alternativas ao mensageiro por conta do anúncio de uma nova política de privacidade.  

Para manter essa nova base de utilizadores, o Signal passou a trabalhar em diversas melhorias e novidades. Algumas delas acabaram de chegar ao aplicativo e já podem ser conferidas pelos usuários. Veja abaixo quais são.  

publicidade

Papéis de parede personalizados 

Até então, os chats do aplicativo possuíam apenas duas variações de cor, que poderiam ser trocadas de acordo com o tema do sistema. Agora, há suporte para papéis de parede personalizados.  

Os usuários podem trocá-los diretamente dentro do menu de configurações gerais do app. Mas, além disso, também é possível escolher fundos personalizados para cada conversa – assim como no WhatsApp.  

Usuário pode definir um papel de parede para cada contato ou de forma individual. Foto: Olhar Digital

Para quem não deseja imagens que fujam muito do padrão, é possível escolher entre 12 cores sólidas e 9 gradientes. Por fim, é possível ter uma ideia de como o papel de parede vai ficar dentro de uma conversa a partir da visualização disponibilizada pelo app.  

Figurinhas animadas 

Pacote é instalado automaticamente no mensageiro. Foto: Olhar Digital

Por enquanto, o Signal não oferece muitos pacotes de figurinhas. No entanto, um deles, chamado ‘Day by Day’, é instalado por padrão e contém 24 stickers animados – com várias representações de atividades do cotidiano.  

Status  

Usuário pode definir uma frase para representá-lo ou escolher entre algumas opções. Foto: Olhar Digital

Por fim, os usuários agora podem adicionar mais detalhes sobre si mesmos. Agora, é possível escrever um status breve – além de escolher entre frases prontas. O utilizador também pode salvar frases para usar em algum momento oportuno – como informar se está disponível para conversar ou não.  

Signal bloqueado no Irã 

O Signal foi bloqueado pelo governo iraniano. A medida foi adotada após o app ter sido enquadrado por um comitê do Irã — composto pelo procurador-geral da República e diversos ministérios do país — sob acusações de apresentar conteúdo criminoso. 

Desde 14 de janeiro, o Signal havia sido removido do Cafe Bazaar e da Myket, duas lojas de aplicativos conhecidas na região. No entanto, a represália ao app agravou-se nesta semana, quando diversos usuários do Signal no Irã relataram problemas ao tentarem se conectar na plataforma na última segunda-feira (25). 

O bloqueio cai como uma bomba no colo do Signal. Apesar de não existir uma estimativa do número de usuários do app no país, a plataforma se tornou recentemente o aplicativo mais baixado da Play Store iraniana. O motivo é simples: desde que o WhatsApp anunciou sua nova política de privacidade, os iranianos decidiram apostar no Signal como uma alternativa mais segura para troca de mensagens. 

O problema é que a própria premissa do Signal de ser uma plataforma segura pode ter intimidado o governo iraniano. “Tradicionalmente, sempre que o governo iraniano não consegue descobrir o que está acontecendo ou quem está fazendo o quê, eles temem que talvez as pessoas estejam fazendo algo contra o governo”, afirmou Amir Rashidi, pesquisador de segurança da internet e direitos digitais. 

Via: Android Police