Agora que começou a receber mais doses de vacina contra a Covid-19, os EUA vão aumentar em 5% a quantidade de unidades enviadas semanalmente aos Estados do país. Serão ao menos 10,5 milhões de doses despachadas toda semana.

O governo americano quer oferecer vacinas suficientes para 300 milhões de residentes até meados do segundo semestre. Para cumprir essa meta, as autoridades vão comprar mais 100 milhões de unidades dos laboratórios Pfizer e Moderna.

publicidade

Jeff Zients, coordenador da resposta à Covid da Casa Branca, explica que a quantidade de vacinas recebidas foi expandida. Uma das medidas que permitiu isso foi a possibilidade de obter uma sexta dose das ampolas, que teoricamente carregam cinco unidades de imunizante. Os kits de vacina vão ter uma seringa especial para que esse excedente seja extraído dos frascos.

Aqui no Brasil, já se fala em medida semelhante para aproveitar melhor o imunizante. As ampolas de CoronaVac, por exemplo, têm capacidade de fornecer até 12 unidades de vacina. Cada frasco tem 6,2ml da substância e, em geral, são destinados a 10 doses de 0,5ml (o 1,2 ml restante é uma margem de segurança e, se não houver imprevistos, podem ser aplicados em mais dois pacientes).

Farmácias vão vacinar nos EUA

Além disso, 1 milhão de doses serão enviadas diretamente para farmácias, na tentativa de ampliar o acesso da população à imunização. Esse envio começa na semana que vem, em 11 de fevereiro. Inicialmente, cerca de 6.500 estabelecimentos vão receber a substância, mas a ideia é expandir esse número gradualmente até atingir 40 mil farmácias.

As redes CVS e Walgreens já estão vacinando moradores de casas de longa permanência. “Esse programa vai levar a vacina a várias localidades mais rapidamente: o cidadão pode marcar uma hora e ir até o local para ser vacinado”, diz Zients.

A CVS começa a vacinação de grupos já liberados em 11 de fevereiro em 11 Estados. Segundo a empresa, o primeiro lote que vai receber vai ser de 250 mil doses. Com mais de 10 mil filiais espalhadas pelos EUA, a rede diz ter capacidade para aplicar 25 milhões de vacinas mensalmente.

Já a Walgreens vai oferecer a vacinação em 15 Estados a partir de 12 de fevereiro. Em ambas as redes, os interessados terão de marcar um horário para serem atendidos.

Aqui no Brasil, ainda não há plano semelhante. A capilaridade do Sistema Único de Saúde (SUS) permite que populações dos mais distantes rincões do país sejam atendidas diretamente pelo governo — desde que o imunizante esteja disponível.

Via: CNBC