A AlphaTauri, equipe satélite da Red Bull na Fórmula 1, apresentou na madrugada desta sexta-feira (19) o AT02, carro com o qual vai disputar a temporada 2021 da principal categoria do automobilismo mundial. 

Após mudar de nome em 2020, deixando de se chamar Toro Rossi e passando a carregar o nome da divisão de moda do conglomerado austríaco, a AlphaTauri inovou mais uma vez e mudou todo seu design, saindo de um carro branco com alguns detalhes em azul, para um carro predominante azul marinho com apenas alguns detalhes em branco, o que deve fazer com que o AT02 seja mais discreto no grid em relação ao AT01. 

publicidade
Vídeo promocional de anúncio do AT02

Na parte mecânica, não existem muitas novidades, com regras mais permissivas por parte da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para os chamados carros cópia e a ausência de mudanças no regulamento para 2021 em relação a 2020, o carro da scuderia de Faenze deve ser uma espécie de laboratório para a Red Bull, que hoje, tem o segundo melhor carro da categoria.

Despedida da Honda

Assim como sua “irmã maior”, este também será o último ano em que a AlphaTauri correrá com motores Honda, já que os japoneses vão deixar a categoria pela terceira vez ao final deste ano, desta vez, para focar seus esforços no desenvolvimento de motores ecológicos.

Entretanto, a partir de 2022, a Red Bull passará a desenvolver seus próprios motores em uma fábrica que será construída na sede da equipe em Milton Keynes, na Inglaterra, que também é de onde sairão as unidades de potência do AT03, modelo de sua equipe satélite para a próxima temporada.

AT02 deixa o branco de lado e investe no azul, lembrando a antiga Toro Rosso. Crédito: AlphaTauri/Divulgação

De Minardi a AlphaTauri

A AlphaTauri tem uma rica história na Fórmula 1, a equipe nasceu em 1985, sob o nome de Minardi, que foi a equipe com o maior número de largadas sem nenhuma vitória na história da categoria. Em 2005, o time foi comprado pelo conglomerado de bebidas austríaco e passou a se chamar Scuderia Toro Rosso, nome que perdurou até 2019. 

Neste período, o time foi casa de grandes nomes da categoria em início de carreira, como o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, que venceu sua primeira prova correndo pela Toro Rosso, além do australiano Daniel Ricciardo, vencedor de sete corridas e do holandês Max Verstappen, dono de 10 vitórias.

Atualmente, os cockpits da AlphaTauri são ocupados pelo francês Pierre Gasly, vencedor do GP da Itália de 2020, primeira vitória da equipe com o novo nome, e pelo estreante Yuki Tsunoda, japonês do programa de pilotos da Honda

Via: Grande Prêmio 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!