EnglishPortugueseSpanish

Um método inusitado está facilitando a derrubada de entradas ao vivo no Instagram com denúncias de abusos policiais nos EUA. O ativista americano Sennett Devermont — conhecido na plataforma como Mr. Checkpoint por incentivar seus seguidores a sempre filmarem as investidas policiais — foi quem denunciou o novo jeitinho.

Em uma gravação de 16 de janeiro deste ano, divulgada semana passada na página de Devermont, o ativista mostra um policial tocando a música “Yesterday”, na voz de Paul McCartney, durante uma live. O objetivo do agente era tentar derrubar a live que Mr. Checkpoint fazia naquele momento.

publicidade

No vídeo, Devermont, que frequentemente transmite protestos e interações com a polícia pela rede social a seus mais de 304 mil seguidores, estava em um cruzamento nas ruas de Beverly Hills, em Los Angeles. Ele segurava um crachá com identificação de imprensa enquanto fazia a live e questionava o sargento, Billy Fair.

Infração de direitos autorais

Ao que tudo indica, não era uma tentativa de ter um fundo musical romântico na conversa, mas de ativar os filtros algorítmicos de direitos autorais do Instagram para acabar com a transmissão ao vivo. Devermont explica que “parece que eles acham que tocar música protegida por direitos autorais e licenciada evita que a notícia se espalhe. E acabou: eles estão certos!”. O ativista conta, ainda, que tentou compartilhar o vídeo em agências de notícias americanas, mas não teve sucesso.

Essa não é a primeira vez que Fair aparece nos posts de Mr. Checkpoint. Alguns dias antes, em uma ida ao departamento policial de Los Angeles para questionar uma multa, Devermont gravou o policial em atendimento, dessa vez colocando no telefone a música “Santeria”, do Sublime.

publicidade

O recurso usado pelos policiais pode impossibilitar, inclusive, que cidadãos registrem possíveis abusos de autoridade em lives. Para quem filma e transmite, a música de fundo pode levar a uma infração prevista nas regras do Instagram e resultar na suspensão da conta.

Fonte: Engadget