Um filhote de cachorro morreu duas semanas após nascer com um olho, duas línguas e sem nariz. De acordo com um veterinário da província de Aklan, nas Filipinas, local onde Amie de Martin, dona do animal, mora, a mãe do cãozinho pode ter ingerido algo tóxico durante a gestação. Mas não. Isso se trata de algo chamado ciclopia.

“O ciclope não podia beber leite dela. Tivemos que alimentá-lo com um conta-gotas e com leite em pó”, contou Amie em seu perfil no Facebook. O cachorro ficou em um hospital veterinário, mas não resistiu.

publicidade

CYCLOPS PUPPY

Publicado por Amie de Martin em Sábado, 6 de fevereiro de 2021

Ciência busca entender a ciclopia

Pesquisadores da Universidade de Málaga, na Espanha, tentam entender a origem da ciclopia, que é um defeito congênito no qual as duas órbitas formam uma cavidade única que contém apenas um olho. Um estudo analisou um caso congênito espontâneo de ciclopia em um embrião de galinha. Os resultados corroboram com os de muitas outras análises anteriores que indicam que esta anomalia resulta da alteração do programa normal de desenvolvimento embrionário da linha média dos organismos.

“Nossa análise sugere que, em certas ocasiões, a base da tromba desse tipo de ciclope está mais relacionada aos tecidos oculares do que aos tecidos nasais”, disseram os pesquisadores da Universidade de Málaga ao Sinc.

O estudo concluiu que a identidade celular de alguns tecidos faciais durante o desenvolvimento embrionário da malformação é complexa e que, durante o desenvolvimento embrionário, o olho do ciclope está associado aos tecidos olfatórios e não aos progenitores da retina.

No caso do embrião de pintinho de ciclope usado na pesquisa, uma análise aprofundada das diferentes estruturas encontradas pode revelar por que em alguns casos de indivíduos ciclopes a estrutura central, que normalmente é considerada um olho, carece de tecidos que caracterizam esse órgão, como é o caso da retina.

“Essas descobertas lançam luz sobre a origem dessa complexa malformação facial”, completaram os pesquisadores.

Fonte: El Independiente e ABC

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!