EnglishPortugueseSpanish

O CEO e fundador da SpaceX, Elon Musk, prometeu que a empresa irá dobrar a velocidade da conexão à Starlink, e reduzir a latência, ainda em 2021.

A afirmação foi resposta a um usuário no Twitter que, entusiasmado, compartilhou imagens do kit beta de acesso e os resultados de um primeiro teste de velocidade.

publicidade

Segundo Musk, a velocidade chegará a 300 Mbps e a latência a 20 ms, números equivalentes a uma conexão doméstica de fibra óptica. O bilionário também respondeu a outro usuário que pediu um mapa de cobertura do serviço, dizendo: “a maior parte da Terra até o fim do ano, toda no ano que vem. A partir daí é questão de aumentar a densidade da cobertura”.

Atualmente a Starlink tem mais de 10.000 clientes em locais como o Reino Unido, Canadá e Noroeste dos Estados Unidos, com mais de 1.200 satélites em órbita ao redor do planeta. A mensalidade custa US$ 99, e o kit com equipamentos mais US$ 500.

Recentemente a SpaceX passou a aceitar reservas para acesso ao serviço, inclusive de endereços no Brasil, onde afirma que terá cobertura “no final de 2021”. Entretanto, um aviso no site informa que uma reserva “não é garantia de serviço”, e que pedidos podem demorar “seis meses ou mais para serem atendidos”.

A empresa estabeleceu no final de 2020 duas subsidiárias no Brasil, a Starlink Brazil Serviços de Internet Ltda., que provavelmente será a responsável direta pela operação, e a Starlink Brazil Holding Ltda., que a controla.

Além do Brasil, segundo a MSN a empresa está registrada para conduzir negócios na Áustria, Argentina, França, Chile, Colômbia, Irlanda, Itália, México, Holanda, Nova Zelândia, Filipinas, África do Sul e Espanha.

Fonte: CNet