O mês de janeiro de 2021 apresentou o melhor número de vendas de carros elétricos dos últimos seis anos. Foram vendidos mais de 321 mil veículos deste tipo no primeiro mês do ano, um aumento de 112% em comparação a janeiro de 2020, de acordo com o EV Sales Blog.

Já é o quarto mês seguido que os números mensais dobram. De outubro a dezembro de 2020, o percentual de aumento apresentado foi semelhante, se comparados aos anos avaliados anteriormente.

publicidade

As vendas de carros totalmente elétricos apresenta um crescimento maior do que os veículos híbridos, muito pela demanda na China. Isso torna o mercado chinês o principal responsável pelo crescimento total.

Os carros mais vendidos, dos totalmente elétricos, também são do país. O Hongguang Mini EV, da junção da SAIC com a General Motors, desbancou a montadora Tesla, comandada por Elon Musk, e assumiu o primeiro lugar. Foram quase 36.762 veículos vendidos.

O Mini EV pode levar até quatro pessoas e o banco traseiro desce, aumentando a mala.
O Mini EV pode levar até quatro pessoas e o banco traseiro desce, aumentando a mala. Imagem: Hongguang/Divulgação

O compacto, de 2,9 metros de comprimento, 1,5 de largura e 1,6 de altura, já prometia roubar o lugar da concorrente dos Estados Unidos. O carrinho é vendido por US$ 4,1 mil, pouco mais de R$ 23 mil (na cotação desta segunda-feira, 1º de março, com o dólar vendido a R$ 5,63).

Mesmo sem liderar, a companhia norte-americana emplacou dois modelos no topo. Após o chinês, aparecem o Tesla Model 3 e o Model Y, com 21,5 mil e 9,5 exemplares vendidos, respectivamente. Em quarto lugar está o BYD Han EV, com 9.298, e o GW ORA Black Cat fecha o top 5, com 6 mil carros.

A marca de Elon Musk também foi desbancada nas vendas gerais, caindo para a segunda colocação, com pouco mais de 33 mil veículos comercializados. A liderança ficou com a SGMW, que somou outros 2 mil carros, além do Hongguang Mini. A BMW chega em terceiro, com 20 mil.

Além dessas marcas, BYD, SAIC, Mercedes, Volkswagen, Volvo e Great Wall venderam mais de 10 mil carros elétricos cada, no mês de janeiro de 2021. A Audi fecha o top 10, com pouco menos de 9 mil veículos elétricos negociados.

Via: InsideEVs