Ciência e Espaço

Rocket Lab anuncia o Neutron, foguete capaz de missões tripuladas

Por Rafael Rigues, editado por Flávio Pinto
02/03/21 09h54, atualizada em 02/03/21 10h18

Lançamento de um foguete Electron, da Rocket Lab

A Rocket Lab anunciou o desenvolvimento de um foguete que poderá suportar missões tripuladas. Batizado de Neutron, ele terá capacidade de colocar 8 toneadas em órbita baixa ao redor da Terra, e deve fazer seu voo inicial já em 2024. 

A empresa norte-americana já tem um histórico de 16 lançamentos bem-sucedidos com o Electron, um foguete projetado para cargas de pequeno porte (até 300 kg) que ostenta o título de primeiro foguete construído com compostos de fibra de carbono e o primeiro equipado com um motor totalmente impresso em 3D, chamado Rutheford.

Mas o Neutron será algo completamente diferente. Ele terá 40 metros de altura, mais que o dobro de seu antecessor, com diâmetro de 4,5 metros e será certificado para missões tripuladas.

Além das 8 toneladas para órbita baixa, ele será capaz de colocar 2 toneladas em órbita lunar. Segundo a empresa ele será totalmente recuperável, e uma ilustração do foguete mostra “pernas” para pouso vertical, assim como nos Falcon 9 da SpaceX. 

Neutron, novo foguete de médio porte da Rocket Lab. Imagem: Rocket Lab

O novo foguete será lançado a partir de uma plataforma no Complexo de Vôo na Nasa em Wallops, no estado norte-americano da Virgínia, chamada pela Rocket Lab de “Complexo 2”. O “Complexo 1” fica na península Mahia, na Nova Zelândia.

O anúncio do novo foguete reusável foi acompanhado de um toque de bom-humor. O CEO e fundador da Rocket Lab, Peter Beck, havia dito anteriormente que o foco da empresa seria exclusivamente o mercado de lançamento de satélites de pequeno porte sem preocupação com a reusabilidade dos foguetes, e que “comeria seu chapéu”, se isso mudasse.

Em um vídeo produzido pela empresa, Beck aparece triturando um boné com a logo do Electron em um liquidificador e mastigando um pouco das fibras. “Este chapéu não é gostoso”, diz o executivo para as câmeras.

Fonte: Space.com

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags