O Nissan Kicks voltou a ter uma versão exclusiva para clientes PCD (pessoas com deficiência), cujas vendas estavam suspensas desde o ano passado. Conforme anunciado em fevereiro, o Kicks Active CVT 2022 já está disponível na rede de concessionárias para reserva, com tempo médio de espera de 60 dias, e troca a isenção do IPI e ICSM por desconto de fábrica.

O preço “cheio” do Nissan Kicks PCD é de R$ 84.990 para a opção de pintura preta sólida, mas com o bônus de 10% mais a isenção do IPI, o valor cai para R$ 69.114 com carroceria preta e vai a R$ 70.735 se o cliente escolher cor metálica ou perolizada (prata, grafite ou branca).

publicidade
Novo Nissan Kicks PCD. Imagem: Reprodução
Novo Nissan Kicks PCD. Imagem: Reprodução

A Nissan precisou fazer um “jogo de cintura” para manter o novo Kicks PCD e oferecer algum tipo de benefício, disponível apenas quem tiver obtido o deferimento da isenção do imposto antes de 28 de fevereiro. Desde o dia 1º de março, uma medida provisória do governo Bolsonaro limitou a isenção de IPI a veículos com preços até R$ 70 mil, igualando o teto já aplicado para o ICMS.

Levando em conta apenas o desconto de fábrica de 10%, os valores do Kicks PCD sobem para R$ 76,5 mil e R$ 78,2 mil. Quando o SUV custava menos de R$ 70 mil em 2020, incluindo todas as vantagens fiscais previstas na legislação, o preço ficava na faixa de R$ 54 mil.

As configurações Sense e Advance, que são mais caras, também estão disponíveis para compra por pessoas com deficiência, porém com apenas 7% de desconto.

Interior do Nissan Kicks PCD conta com bancos de tecido escuro, volante multifuncional e preparação para som. Imagem: Reprodução
Interior do Nissan Kicks PCD conta com bancos de tecido escuro, volante multifuncional e preparação para som. Imagem: Reprodução

Por dentro do Nissan Kicks PCD

A versão Active CVT do novo Kicks é a mais barata da linha e perde itens de série em relação aos outros modelos. O carro não tem rodas de liga leve, que foram substituídas por unidades de aço estampado de 16 polegadas com calotas. Outra mexida da Nissan foi substituir os faróis de LEDs – disponíveis nas demais opções da série – por unidades halógenas, bem como a central multimídia, os sensores traseiros de estacionamento e a câmera de ré, dentre outros complementos.

E em relação à garantia? Caso opte pelo novo Kicks PCD, saiba que o veículo vem apenas com um ano de cobertura, contra três das demais opções. Quer mais tempo no pacote? Então, é preciso adquirir um serviço da Nissan por R$ 1.880, que inclui as três primeiras revisões. Esse valor pode ser parcelado em até seis vezes.

Leia mais:

Por outro lado, o Kicks Active PCD sai da fábrica com retrovisores e vidros elétricos, com função “um-toque” para o motorista, seis airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, preparação para som, ar-condicionado, volante multifuncional, controle de velocidade de cruzeiro, alerta de cinto de segurança desafivelado e volante com regulagens de altura e profundidade.

As mudanças mais visíveis estão concentradas na dianteira do Kicks, que exibe grade, faróis e para-choque redesenhados. Na traseira, o visual não foi alterado. Já no interior do veículos, os bancos têm acabamento de tecido preto com novo padrão.

O novo Nissan Kicks Active 2022 sai da fábrica também com a tag do “Sem Parar” com valores e ofertas diferenciados. Como nas demais configurações, o motor 1.6 flex de 114 cv e 15,5 kgfm permanece igual, assim como a transmissão CVT com modo esportivo e simulação de marchas.

Governo de SP aguarda julgamento definitivo para reembolsar IPVA de PCDs

Depois da decisão liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), a cobrança do IPVA para carros registrados em nome de pessoas com deficiência (PCD) foi suspensa, com o governo recebendo a notificação no dia 17 de fevereiro. Para quem já pagou, agora a busca é pelo reembolso.

Mas, a Secretaria da Fazenda e Planejamento afirmou que reaver o dinheiro desses contribuintes ainda depende do julgamento definitivo da matéria, de acordo com o portal UOL. “Os valores pagos de IPVA 2021 serão automaticamente restituídos se for mantida a isenção após trânsito em julgado da ação”, informou o órgão.

Fonte: Mobiauto e UOL Carros

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!