O Periscope, aplicativo de transmissões ao vivo do Twitter, encerrou suas atividades nesta quinta-feira (1º). Medida já havia sido informada ano passado.

De acordo com uma publicação no blog do Periscope, o aplicativo apresentava um alto custo para continuar ativo, operando em “modo de manutenção insustentável”.

publicidade

“Nos últimos dois anos, vimos um declínio no uso e sabemos que o custo de suporte ao aplicativo só continuará aumentando com o tempo”, explicaram os desenvolvedores.

Para não pegar os usuários de surpresa, o aplicativo havia anunciado o encerramento em dezembro de 2020. Desde então, passou a bloquear a criação de novas contas e estabeleceu um prazo até 31 de março para quem já possuísse um perfil pudesse baixar seus arquivos.

Leia mais:

Outra mudança refere-se aos chamados “Super Broadcasters”, ou seja, perfis de influenciadores e alta audiência que podiam receber presentes e gorjetas de usuários durante suas lives. O Twitter confirmou que vai relaxar as restrições e pré-requisitos desse programa a fim de que usuários possam resgatar seus ganhos até 30 de abril de 2021.

Desligamento do Periscope foi confirmado para março de 2021
Periscope vinha penando com baixa audiência e tornou-se “caro”. Imagem:Mr.Whiskey/Shutterstock

Sobre o Periscope

O Periscope nasceu em 2015, sendo comprado pelo Twitter antes mesmo de seu lançamento oficial. Na época, a rede social de Jack Dorsey precisava de uma aplicação para transmissões ao vivo após o amplo sucesso do Meerkat.

Entretanto, ambas as aplicações não conseguiram manter seus volumes de audiência, graças ao nascimento, em anos posteriores, de ferramentas como o Facebook Live e o Instagram Live, bem como o crescimento massivo do Twitch. Consequentemente, o Meerkat acabou mudando de nome – agora, ele atende por “Houseparty” – e foi adquirido e incorporado pela Epic Games.

O Periscope, por sua vez, foi integrado à plataforma “Twitter Live”, incorporando as funções principais do aplicativo dentro de sua própria estrutura e concentrando o programa separado apenas como um serviço de construção de audiência.

Fonte: Periscope

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!