EnglishPortugueseSpanish

Os cosmonautas russos Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov (Roscosmos) e o astronauta norte-americano Mark Vande Hei (Nasa) partiram na madrugada desta sexta-feira (9) rumo à Estação Espacial Internacional (ISS).

A espaçonave Soyuz MS-18 decolou do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, às 4h42 (horário de Brasília) e tomou uma “rota expressa”, se atracando à Estação Espacial Internacional 3 horas e 23 minutos depois, às 8h05.

publicidade

A decolagem foi parte das celebrações dos 60 anos do voo histórico de Yuri Gagarin, primeiro homem em órbita terrestre, que decolou do mesmo cosmódromo em 12 de Abril de 1961. Como homenagem, a cápsula Soyuz foi batizada de “Yu.A. Gagarin”, com o nome pintado em seu exterior.

Soyuz MS-18 a 20 metros da Estação Espacial Internacional, poucos minutos antes de se acoplar.
Soyuz MS-18 a 20 metros da Estação Espacial Internacional, poucos minutos antes de se acoplar. Imagem: Nasa TV

“É uma grande honra para nós voar e comemorar o aniversário do primeiro voo ao espaço”, disse Novitskiy na quinta-feira (8 de abril), dirigindo-se à comissão estatal russa que aprovou o lançamento da tripulação.

“Para mim”, acrescentou Dubrov, “é uma honra especial ter meu primeiro voo em uma data tão importante, quando estamos comemorando o 60º aniversário do primeiro voo ao espaço.”

“Quando começamos, estávamos competindo […]. Com o passar do tempo, percebemos que trabalhando juntos poderíamos conquistar ainda mais. Isso continua até hoje, e espero que continue no futuro”, disse Vande Hei.

A tripulação da Soyuz MS-18 no momeno do embarque. De baixo para cima: Oleg Novitskiy, Mark Vande Hei e Pyotr Dubrov.
A tripulação da Soyuz MS-18 no momeno do embarque. De baixo para cima: Oleg Novitskiy, Mark Vande Hei e Pyotr Dubrov. Imagem: Nasa/Bill Ingalls

A chegada dos três viajantes aumenta a tripulação da ISS para dez membros. Atualmente estão a bordo  Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov (Roscosmos), Kate Rubins, Michael Hopkins, Victor Glover e Shannon Walker (Nasa) e Soichi Noguchi (Jaxa).

Ryzhikov, Kud-Sverchkov e Rubins retornarão à Terra a bordo de sua espaçonave Soyuz MS-17. Hopkins, Glover, Walker e Noguchi partirão a bordo da Crew Dragon “Resilience“, da SpaceX, em 28 de abril, seis dias após a chegada da Crew Dragon “Endeavour” na missão Crew-2, carregando os astronauts Shane Kimbrough e Megan McArthur (Nasa), Thomas Pesquet (ESA) e Aki Hoshide (Jaxa).

Fonte: Space.com