Prestes a começar a temporada 2021 dos eventos Road to Major (RMR), a desenvolvedora Valve anunciou mudanças nas regras do VAC-ban, que proibia jogadores de disputarem campeonatos oficiais de ‘CS:GO’. Nesta quinta-feira (15), a Valve publicou no site oficial do ‘Counter Strike’ as alterações.

Até o momento, jogadores que haviam recebido o VAC-ban no game ficavam inelegíveis para as competições patrocinadas pela desenvolvedora, entre eles o brasileiro Vinícius Moreira, o v$m. Como alguns desses banimentos já passavam de oito anos, a Valve optou pela alteração.

publicidade

Leia mais:

CS:GO Imagem: Valve/Divulgação

Agora, um VAC-ban só desqualifica um jogador para o torneio caso ele tenha recebido a punição há menos de cinco anos, ou se recebê-la a qualquer momento após a primeira participação em uma competição da Valve, como classificatórias, por exemplo.

O jogador Vinícius Moreira comemorou a liberação em sua conta oficial no Twitter. “v$m está livre”, escreveu. Outros atletas brasileiros do e-sport celebraram junto nas redes sociais.

Vinícius “v$m” Moreira integra o time da MiBR desde o final de 2020. Antes, Vinícius era da DETONA Gaming. Ele foi banido pela Valve em 2018, quando virou alvo de uma investigação da ESL sobre o banimeno de uma conta ligada ao jogador. Segundo a defesa de v$m, ele tinha só 13 anos quando passou pelo VAC-ban.

Os outros efeitos dos VAC-bans seguem valendo. “A única mudança é que agora elas influencia sua elegibilidade para disputar em campeonatos patrocinados pela Valve”, volta a ressaltar a desenvolvedora, no comunicado oficial.

Caso os jogadores estejam suspensos das competições por outros motivos, eles seguem de fora. “Esperamos que todos estejam empolgados para a temporada 2021 de RMR. Fiquem ligados para mais informações, enquanto seguimos para a major de Estocolmo neste outono”, completou a Valve.

Essa é a primeira alteração nas regras desde o lançamento de ‘Counter-Strike: Global Offensive’, em 2012. O jogo é o quarto título principal da franquia e saiu após ‘Counter-Strike: Source’. O primeiro ‘CS’ começou a ser vendido em 2000 e é um dos responsáveis pelo crescimento de jogos em rede. O segundo título foi ‘Counter-Strike: Condition Zero’, de 2004. ‘CS:GO’ é distribuído pela Steam.

Via: Counter Strike Blog / RTP Arena / Mais E-Sports