O sistema anti-trapaça do game PUBG Mobile, o Ban Pan, eliminou nada menos que 1,6 milhão de contas do game em apenas uma semana por uso de cheats. O sistema foi implementado em 2020 e já inutilizou cerca de 300 tipos de trapaça, além de agir contra comportamentos tóxicos e impróprios que tenham potencial de prejudicar o ambiente do jogo. 

Através do Ban Pan, os jogadores conseguem acessar uma espécie de Zona Segura, que sempre permite ao jogador ver a repetição do momento de sua morte do ponto de vista do rival. Com isso, é facilitada a percepção de manipulações, que podem ser denunciadas para os administradores do jogo. 

publicidade

Entre os dias 2 e 8 de abril foram banidas o total de 1.620.242 contas, por conta de cheats que envolviam visão de raio-x, hacks de mira automática, velocidade, entre outras. Em março, o número de suspensões foi superior a 7 milhões. 

Leia também: 

Em nota, a equipe da PUBG Corporation informou que “se esforça para oferecer um ambiente de jogo justo e equilibrado e a Zona Segura ajuda a fazer com que os jogadores ajudem nas denúncias contra as trapaças e na proteção do jogo”. 

Banimento em competições

Tipos de contas banidas do PUBG Mobile em abril

Em 2021, a PUBG Corporation estuda implementar um sistema de banimento competitivo em seus torneios oficiais. Esse novo sistema global terá a função de detectar jogadores que prejudiquem a idoneidade das competições e puni-los de acordo com seus ilícitos. As penalizações incluem banimentos permanentes para os jogadores que usarem programas de trapaça nos campeonatos. 

Atualmente, o game conta com mais de 240 mil investigadores espalhados pelo mundo. Somente eles, já conseguiram identificar e punir mais de 50 mil trapaceiros com uma taxa de precisão de em torno de 70%. 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!