O submarino militar KRI Nanggala-402, que havia desaparecido com 53 pessoas a bordo na última quarta-feira (21), foi encontrado seccionado em três partes no fundo do mar na costa de Bali, na Indonésia. 

A informação foi divulgada neste domingo (25) pelo chefe do Estado-Maior da Marinha do país, Yudo Margono. O comandante das Forças Armadas da Indonésia, Hadi Tjahjanto, confirmou que “todos os 53 tripulantes morreram”.

publicidade

Um veículo de resgate subaquático fornecido por Singapura foi usado para obter a confirmação visual após as autoridades indonésias receberem sinais do local do naufrágio – a mais de 2.600 pés (800 metros) de profundidade – na madrugada deste domingo (25).

Além das três partes da embarcação, foram encontradas uma âncora e roupas de segurança usadas pelos tripulantes.

Ainda não se sabe oficialmente a causa do incidente com o submarino militar. Autoridades acreditam em uma grande avaria elétrica, que impediu a tripulação de retornar à superfície.

A investigação também detectou uma mancha de óleo na área onde a embarcação naufragou, sugerindo o rompimento do tanque de combustível. 

Ilustração de submarino
Ilustração de submarino. Créditos: Shutterstock

Buscas chegaram ao fim no sábado (24)

A Marinha da Indonésia anunciou, na manhã de sábado (24), que destroços do submarino haviam sido encontrados e que não havia esperanças de encontrar sobreviventes.

“Conforme as nossas descobertas e dos elementos que vêm do  ‘KRI Nanggala’, alteramos a situação do submarino de desaparecido para ‘afundado’”, declarou Yudo Margono em coletiva de imprensa.

Durante a coletiva, o almirante chegou a detalhar que o submarino deve ter rachado gradualmente, conforme foi afundando. Esse processo teria acontecido quando ele estava em uma profundidade de 300 a 500 metros. 

Leia também:

Esforços para resgate de submarino

Na última sexta-feira (23), os Estados Unidos enviaram equipamentos de busca e resgate para ajudar a encontrar o KRI Nanggala-402.

“Estamos profundamente tristes com a notícia da perda do submarino da Indonésia e nossos pensamentos estão com os marinheiros indonésios e suas famílias. A convite do governo indonésio, estamos enviando meios aerotransportados para ajudar na busca pelo submarino desaparecido”, escreveu John Kirby, secretário de imprensa do Pentágono, no Twitter, na quinta-feira (22).

O KRI Nanggala-402 perdeu contato com a Marinha da Indonésia na quarta-feira (21), durante a realização de exercícios militares ao norte da ilha de Bali. Seu desaparecimento aconteceu logo após o submarino receber autorização para submergir.

Anteriormente, as equipes de resgate já haviam avisado que as reservas de oxigênio da tripulação poderiam acabar às 15h de sexta, no fuso horário GMT+7 (madrugada de sábado conforme o horário de Brasília).

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!