A polícia de Xangai, na China, prendeu um homem que supostamente planejava assassinar Liu Wei e Cai Haoyu, os fundadores do estúdio por trás do gameGenshin Impact’, MiHoYo. De acordo com vários relatos da mídia local, o suspeito estava supostamente armado com uma faca e conseguiu se infiltrar no prédio da empresa antes de ser preso, em 24 de abril.

Felizmente, ninguém ficou ferido no incidente e o suspeito está agora sob custódia policial. Ainda segundo informações da imprensa chinesa, o homem aparentemente “ficou chateado com as mudanças recentes” em um outro jogo da MiHoYo, chamado ‘Honkai Impact 3rd’.

publicidade

Leia mais:

Uma atualização recente em comemoração ao aniversário de três anos de lançamento do título adicionou fantasias de coelho ao jogo, mas esses itens precisaram ser removidos na China. Muitos fãs reclamaram nas redes sociais que os trajes e os movimentos de dança – especialmente nas personagens femininas – eram “desrespeitosos e vulgares” aos jogadores do país.

Em comunicado oficial, a empresa garantiu a remoção da atualização no país e pediu desculpas pela ideia “inapropriada e fora da caracterização dos personagens”.

Não está claro se o suspeito que tentou assassinar os fundadores do MiHoYo ficou chateado por causa da introdução ou da remoção do conteúdo adicional. Mas ainda conforme informações da polícia, a ação foi o suficiente para fazer com que o homem, residente de Foshan, viajasse até Xangai com o plano de assassinar tanto o CEO quanto o presidente da empresa e cometer suicídio logo depois.

Genshin Impact, jogo para PC, PS4 e celulares
Genshin Impact está disponível para PC, PS4 e celulares. Imagem: Divulgação

Fontes: Gamespot e NicheGamer

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!