EnglishPortugueseSpanish

Farinha de larvas: UE aprova primeiro produto derivado de insetos para consumo humano

Redação 04/05/2021 21h39, atualizada em 04/05/2021 21h42

A União Europeia aprovou o primeiro alimento derivado de insetos para o consumo humano. A farinha é feita usando larvas de um escaravelho, que é da família dos besouros, e é considerada uma fonte alternativa de proteína.

A farinha de larvas faz parte da iniciativa “Do Prado ao Prato”, que identifica alimentos comestíveis com base no estudo de insetos. Esses produtos são ricos em proteínas e minerais e, segundo o órgão, podem ajudar a prevenir deficiências de nutrientes.

publicidade

Além da farinha de larvas, outros onze pedidos de comercialização de alimentos feitos à base de insetos foram apresentados à União Europeia.

A tecnologia do aproveitamento de fontes alternativas para a produção de alimentos é cada vez mais importante no combate à fome no mundo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!