O prazo está acabando! Você tem menos de um mês para fazer upload de todas as imagens que estão salvas no Google Fotos e ainda sem ter que pagar por armazenamento adicional. No ano passado, a plataforma anunciou que qualquer arquivo de foto ou vídeo de “alta qualidade” que for enviado ao serviço contará para um limite de 15 GB após o dia 1º de junho. 

O limite será compartilhado com sua conta no Gmail, assim como os seus documentos, slides e planilhas do Workspace. Portanto, a pessoa terá que agilizar o backup dos seus arquivos. Sendo assim, qualquer arquivo de alta qualidade carregado antes de 1º de junho não contará para o limite, dando tempo para iniciar o aplicativo e garantir que as fotos sejam enviadas para a nuvem.

publicidade

No momento, o serviço Google Fotos oferece backup ilimitado para arquivos de mídia de alta qualidade. O armazenamento é apenas limitado para arquivos carregados em seu formato original. Entretanto, depois de junho, os usuários precisarão pagar por um plano de armazenamento do Google One se o upload ultrapassar 15 GB. 

O serviço de nuvem custará US$ 2 por mês para 100 GB de espaço. Ademais, há também um nível de 200 GB que custará US$ 3.

Leia mais:

Fonte: Engadget

Google Fotos: saiba como criar colagens e GIFs pela ferramenta

Muito mais do que armazenar imagens e preparar montagens nostálgicas de retratos antigos, o Google Fotos permite recursos interessantes para os amantes de fotografias. Com ele, por exemplo, é possível fazer colagens de fotos ou mesmo criar GIFs a partir de fotografias tiradas em sequência.

É certo que os recursos são limitados e permitem poucas personalizações. Além disso, diversos outros aplicativos de terceiros melhores e mais completos podem ser baixados rapidamente pelo Google Play.

Para saber mais, acessa a reportagem no Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!