O CEO do Google, Sundar Pichai, abriu o evento Google I/O 2021 falando sobre o Maps. Sem estipular uma data específica, o executivo listou algumas conquistas do aplicativo de GPS – como a adição de 150 quilômetros de ciclovias e algumas funções relacionadas à Covid-19 – antes de partir para as duas principais novidades:

A primeira foi chamada de “rotas eco-friendly”: como o nome já adianta, tratam-se de ajustes de percurso mais amigáveis ao meio ambiente. Neste caso, usando toda a expertise e dados coletados pelo app, o Google Maps logo será capaz de redirecionar suas rotas, levando em consideração a redução de consumo de combustível e a emissão de carbono dos veículos de seus usuários.

publicidade

Leia também

Imagem mostra exibição das rotas amigáveis ao meio ambiente, uma atualização que deve chegar ao Google Maps nos próximos meses
Rotas amigáveis ao meio ambiente prometem reduzir consumo de combustível e emissão de carbono para usuários do Google Maps. Imagem: Google/Divulgação

A segunda novidade é a “Safer Routing”, que utilizará a inteligência artificial (IA) para analisar condições de trânsito, clima e vias para determinar pontos de maior probabilidade de riscos à sua segurança – como uma rota que traz curvas muito acentuadas que possam forçar você a frear com mais força ou com mais frequência, por exemplo. Com isso, o Maps reajustará a rota para locais que considerar mais seguros, deixando você uma posição mais confortável no caso de algum imprevisto.

Imagem que mostra o recurso Safer Routing do Google Maps, que oferece a você vias mais confortáveis e com menos frenagens bruscas
Com o Safer Routing, o Google Maps poderá mapear pontos de maior problema na via, considerando tráfego, condições de trânsito e clima, para evitar que você tenha imprevistos em áreas perigosas. Imagem: Google/Divulgação

As novidades não param por aí: para quem usa o Maps a pé ou na bicicleta, o app agora exibirá as vias com a devida escala de espessura, acabando com a confusão de “qual lado da rua” você pode estar quando está buscando um endereço. Nesse ínterim, também serão destacadas calçadas e trilhas acessíveis a cadeirantes, por exemplo.

No Google I/O, foi confirmado um maior detalhamento de ruas, calçadas e lugares quando você navega pelo GPS do Google
Maior detalhamento de ruas, destacamento de calçadas e outras partes da via permitirão que você não se confunda durante suas navegações a pé. Imagem: Google/Divulgação

Outro recurso interessante vai considerar a hora do dia e se você está ou não fora de casa, para destacar pontos de interesse a você. Por exemplo, se você sair de casa às 7h, o Maps vai destacar padarias e locais que vendam produtos relacionados ao café da manhã, escondendo restaurantes e bares que funcionam na hora do almoço ou à noite.

GIF mostra o funcionamento de um recurso do Google Maps, que lê as horas e ajusta suas recomendações de lugares conforme o momento do dia
Usando o relógio do seu dispositivo, o Google Maps vai entender que horas são naquele momento e lhe servir opções de locais condizentes com o momento do dia. Imagem: Google/Divulgação

Falando nisso, um recurso já disponível nos restaurantes e bares – que mostra o quão ocupados estão os estabelecimentos – deve ser expandido para ruas, avenidas e regiões de amplo trânsito.

Se você, por exemplo, estiver em direção ao Cristo Redentor (RJ) ou a Rua 25 de Março (SP), o Maps poderá indicar o grau de movimento das áreas e ajudar você a planejar sua visita.

GIF mostrando o volume de ocupação de uma região da cidade, via Google Maps
Assim como já faz com bares e restaurantes, o Google Maps agora mostrará o volume de ocupação de regiões inteiras. Imagem: Google/Divulgação

Finalmente, para usuários adeptos do Live View, o Google vai adicionar diversos indicadores de realidade aumentada na tela do seu dispositivo, facilitando a você encontrar seu caminho em cruzamentos complicados por meio de placas de rua virtualizadas, ou fachadas de hotéis devidamente nomeadas.

Fachadas e ruas serão melhor mostradas durante exibição do Live View, facilitando que você se encontre em locais com direções mais confusas. Imagem: Google/Divulgação

Tudo isso deve chegar ao Android e ao iOS nos próximos meses, em atualizações graduais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!