Agora, sim, é oficial! A primeira picape totalmente elétrica da Ford, a F-150 Lightning, foi apresentada ao público. Após muita espera e bastante expectativa, a montadora garantiu que o veículo, que será produzido na fábrica da empresa em Detroit (EUA), chegará ao mercado em meados de 2022 repleto de tecnologia, autonomia de cerca de 500 km e preço (mais ou menos) acessível.

Mesmo sem ter todos os dados oficiais divulgados, a caminhonete elétrica promete bom desempenho, além de renovar a linha F-150. O veículo, por exemplo, chega equipado com dois motores elétricos (um em cada eixo) e tração nas quatro rodas com quatro modos de condução: normal, sport, off road e Tow/Haul.

publicidade

“Tanto para a Ford quanto para a indústria automobilística americana, o F-150 Lightning representa um momento decisivo à medida que avançamos em direção a um futuro de zero emissões e digitalmente conectado”, disse Bill Ford, presidente executivo da montadora, no anúncio da nova picape. “F-Series é a caminhonete mais vendida da América por 44 anos e a espinha dorsal do trabalho em todo o país, além de ser um ícone confiável para gerações de clientes. Agora, estamos revolucionando para uma nova geração”.

Ford revela oficialmente sua primeira picape elétrica, a F-150 Lightning. Imagem: Ford/Divulgação

Segundo a Ford, a picape elétrica terá até 571 cv de potência e torque máximo de 107 kgfm – o mais alto da história do modelo. Os dados preliminares apontam ainda aceleração de 0 a 100 km/h em apenas cinco segundos, mais rápida que um F-150 à combustão, por exemplo. Na versão mais básica do modelo, as especificações se mantém em suma, porém com 426 cv (o que também chama bastante atenção).

Sobre a bateria e carregamento, a versão premium da Ford F-150 Lightning terá autonomia de quase 500 km, enquanto a mais básica registra 370 km, ambas pelo rigoroso padrão norte-americano EPA, o que é um bom sinal, indicando que quando os veículos forem lançados, os números podem ser ainda maiores.

Por meio de um carregador rápido de 150 kW (DC), a carga da bateria é recuperada de 15 a 80% em 41 minutos, ou em oito horas utilizando uma ‘wallbox’ doméstica – inclusa na compra do veículo, vale ressaltar. E fato curioso: as células de bateria foram feitas pela SK Innovation, da Coreia do Sul, por meio de uma parceria exclusiva com a Ford.

Ford revela sua primeira picape elétrica, a F-150 Lightning. Imagem: Ford/Divulgação
Primeira picape elétrica da Ford, a F-150 Lightning terá carregamento rápido e bateria exclusiva. Imagem: Ford/Divulgação

E, claro, a nova picape F-150 zero emissões da Ford está recheada de tecnologia, graças à inclusão de todos os tipos de recursos inteligentes, serviços conectados, atualizações remotas (Ford Power-Ups), a aplicação FordPass para localizar estações de carregamento e o assistente BlueCruise, sistema de direção “sem as mãos” (nível 2, ou seja, semiautônomo) em determinadas rodovias nos Estados Unidos (EUA) e Canadá.

Porém, uma das funcionalidades de maior destaque da Ford F-150 Lightning é o sistema Pro Power Onboard, embutido no painel de entretenimento dentro do carro. A funcionalidade permite que a caminhonete se torne uma espécie de central elétrica, podendo fornecer energia a todo tipo de equipamento ou mesmo uma casa por, pasmem, três dias, segundo a Ford (com a energia da própria bateria). O modelo também permitirá que você use o smartphone como chave.

Ford revela sua primeira picape elétrica, a F-150 Lightning. Imagem: Ford/Divulgação
Ford F-150 Lightning está recheada de tecnologia. Imagem: Ford/Divulgação

Em ambas as variantes, a F-150 Lightning contará com o sistema multimídia SYNC 4A, uma gigante tela sensível ao toque de 15,5 polegadas e recursos como navegação conectada à nuvem, controle de voz ou integração com a Alexa, da Amazon. Além disso, uma novidade em comparação com os modelos à combustão é um novo quadro de informações, atrás do volante, totalmente digital e configurável, com tela de 12 polegadas.

Leia mais:

Além disso, a Ford destaca que a picape elétrica F-150 Lightning é extremamente “forte” e será produzida de acordo com a filosofia ‘Built Ford Tough’, que promete durabilidade e robustez. A carroceria do veículo é feita de alumínio de grau militar, nova suspensão traseira independente, além de um chassi com o aço mais forte já usado por um modelo da linha.

A Ford ainda destaca, em termos de capacidade, o enorme porta-malas frontal chamado de ‘frunk’. O espaço comporta nada menos que 400 litros e um peso máximo de 180 kg. A capacidade de carga útil e reboque anunciada é de 907 e 4.500 kg, respectivamente.

Veículo mais vendido nos Estados Unidos, para adquirir a picape Ford F-150 Lightning é necessário, apenas, um depósito de US$ 100. A montadora quer continuar com o status comercial adquirido ao longo dos anos e, por isso, está fazendo uma pré-venda on-line a um preço acessível.

As caminhonetes começam a sair da linha de montagem a partir do segundo trimestre de 2022. Ainda não há previsão da venda do modelo para o mercado fora dos EUA. A versão padrão da Ford F-150 Lightning 2022 terá um preço inicial de US$ 39.974 (R$ 210.300), enquanto a de longo alcance sairá por US$ 52,974 (R$ 274.96) – isso sem considerar eventuais incentivos ou bônus. Logo, o valor final pode ficar menor. 

Ainda de acordo com a montadora, mais detalhes e informações serão revelados nos próximos meses, até a data de lançamento oficial. Confira abaixo o evento de anúncio da F-150 Lightning realizado pela Ford:

Fontes: Electrek e The Verge

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!