A China divulgou nesta sexta-feira (11) uma série de novas imagens da superfície de Marte. As fotos mostram o rover Zhurong Mars andando pelo planeta vermelho e ao fundo uma bandeira do país asiático.

A fim de contemplar o sucesso de sua missão espacial até Marte, a China divulgou as imagens em uma cerimônia em Pequim que foi transmitida pela mídia estatal local.

publicidade
Foto da superfície de Marte tirada pelo rover Zhurong Mars
China divulga novas fotos de Marte. Foto: EPA/China National Space Administrat

O rover mostrado nas fotos pousou em Marte em 15 de maio e tornou a China o segundo país a chegar no planeta, atrás apenas dos Estados Unidos. O nome Zhurong foi utilizado para homenagear o deus do fogo na mitologia chinesa.

As fotos divulgadas nesta sexta-feira mostram o rover e suas placas solares junto com a plataforma de pouso. Outras imagens mostram um panorama de 360 graus da área de pouso. Esses cliques foram feitos antes do Zhurong começar a passear pelo planeta vermelho.

Foto da superfície de Marte tirada pelo rover Zhurong Mars
China divulga novas fotos de Marte. Foto: EPA/China National Space Administrat

As fotos retratam o sucesso da primeira missão da China até Marte. O veículo não tripulado possui previsão para durar 3 meses explorando por sinais ou evidências de vida presentes na superfície do planeta.

“A China publicará os dados científicos relacionados em tempo hábil para permitir que a humanidade compartilhe dos frutos do desenvolvimento da exploração espacial do país”, afirmou o chefe da agência espacial nacional da China, Zhang Kejian.

Leia também!

O robô, que é impulsionado por energia solar, conta com seis rodas e seis cargas úteis, tais quais:

  • Câmera de terreno configurada;
  • Radar de detecção de subsuperfície;
  • Detector de composição de superfície;
  • Câmera multiespectral, dentre outros.

A missão também conta um satélite que ficará encarregado de localizar um terreno propício para a montagem de uma estrutura de coleta de amostras para quando futuras missões retornarem ao planeta.

Via: CNN

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!