As viagens turísticas para o espaço podem até parecer coisa de filme, só que agora se aproximam da realidade. Mas se você pensou que seriam feitas em um foguete, saiba que há outras opções.

Após um primeiro voo de teste, que chegou a uma altitude de 33 quilômetros, a empresa de viagens espaciais Space Perspective disse que oferecerá o passeio até a “beirada” do espaço” usando um balão gigante a partir de 2024. O valor da passagem será de US$ 125 mil, ou R$ 613,5 mil, na cotação atual.

publicidade

O balão Spaceship Neptune fará voos com seis horas de duração e sete passageiros a bordo. A estrutura conta com um bar e banheiro, e a expectativa é de que chegue a uma altitude de 30 quilômetros, que é quase três vezes a de um avião normal.

Protótipo da tecnologia do Spaceship Neptune 
Crédito: Space Perspective
Protótipo da tecnologia do Spaceship Neptune
Crédito: Space Perspective

A empresa explicou que o lançamento será feito a partir do Aeroporto Regional da Costa Espacial, na Flórida, próximo do Kennedy Space Center, que é de onde saem os foguetes da Nasa e da SpaceX.

Já a aterrissagem poderá acontecer no oceano Atlântico ou próximo ao Golfo do México, local onde o teste realizado pela Space Perspective no último 18 de junho parou.

Ao site “Space News”, a cofundadora da empresa, Jane Poynter, revelou que foram registradas 25 inscrições de pessoas interessadas durante um evento online de anúncio da novidade e que o número total já seria “muito maior”.

Leia mais:

Se você estiver interessado, saiba que não precisa pagar tudo de uma vez. Neste momento, a empresa pede um primeiro pagamento de US$ 1 mil, cerca de R$ 4,9 mil.

A Space Perspective é mais uma empresa na disputa pelo mercado de turismo espacial. Jeff Bezos (CEO da Amazon) anunciou que irá viajar para o espaço no próximo dia 20 de julho junto de seu irmão, Mark, a bordo do foguete New Shepard de sua empresa aeroespacial, a Blue Origin. Richard Branson, fundador da Virgin, também pretende ir ao espaço neste mês.

Aqui vale mencionar uma diferença: o Spaceship Neptune não chega realmente ao “espaço”, já que oficialmente ele começa acima da linha Kármán, que fica a 100 quilômetros de altitude.

Mas, cá entre nós, dessa altitude, já vai dar para ver a curvatura da Terra e a cor real do espaço profundo, o que pode ser considerado como uma ida ao “espaço” para muita gente.

Fonte: UOL

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!