Conforme informamos aqui no Olhar Digital, ainda restam esperanças de sobrevida para o telescópio espacial Hubble. A Agência Espacial Norte-americana (Nasa) não vai desistir tão facilmente de reparar o problema que atingiu o computador de carga útil do observatório, que colocou vários de seus instrumentos científicos em modo seguro desde o último dia 13.

Mas, primeiro, a Nasa precisa entender o que realmente aconteceu, e eles estão firmes nesse propósito. Segundo o Phys.org, a agência completou outro conjunto de testes nesta quinta-feira (24). 

publicidade
Nasa continua investigando o que pode ter provocado falha no computador de carga útil do telescópio espacial Hubble. Imagem: Whitelion61 – Shutterstock

Quando o computador de carga útil parou, a espaçonave parou de coletar dados científicos. A boa notícia é que o telescópio em si e seus instrumentos científicos permanecem em boas condições e, desde que a falha ocorreu, foram colocados em modo de segurança.

Hardware do computador principal do Hubble apresenta problemas para gravar e ler memória

A nave espacial tem dois computadores de carga útil, um dos quais serve como backup, que estão localizados na unidade Science Instrument and Command and Data Handling (SI C&DH). Existem várias peças de hardware que constituem os dois computadores de carga útil. Entre elas:

  • um Módulo de Processamento Central (CPM), que processa os comandos que coordenam e controlam os instrumentos científicos;
  • uma Interface Padrão (STINT), que conecta as comunicações entre o CPM do computador e outros componentes;
  • um barramento de comunicação, responsável pela transmissão de sinais e dados entre os componentes do hardware;
  • um módulo de memória ativa, que armazena comandos operacionais para os instrumentos. Existem três módulos adicionais que servem como backups.

Nos testes adicionais realizados na quarta e na quinta-feira (23 e 24), o computador de backup foi ligado pela primeira vez no espaço. Os testes mostraram que várias combinações de hardware do computador de carga útil principal e de backup apresentaram o mesmo erro – os comandos para gravar ou ler da memória não tiveram êxito.

Leia mais:

Como é bastante improvável que todos os elementos de hardware individuais tenham uma falha, a equipe agora está olhando para outro hardware como o possível culpado: a Unidade de Comando / Formatador de Dados Científicos (CU / SDF).

O primeiro formata e envia comandos e dados para destinos específicos, incluindo os instrumentos científicos. Já o segundo formata os dados coletados pelos instrumentos científicos para a transmissão para a Terra. 

Também está em análise pela equipe o regulador de tensão, para ver se as tensões fornecidas ao hardware são as corretas ou não. Ele garante um fornecimento de energia constante e estável. Se a tensão estiver fora dos limites, isso pode causar os problemas observados.

Durante a próxima semana, a equipe continuará avaliando o hardware na unidade SI C&DH para identificar se algo mais pode estar causando o problema. Se a equipe determinar que o CU / SDF ou o regulador de energia é a causa provável, eles recomendarão a troca para o módulo CU / SDF de backup e o regulador de energia de backup.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!