Na última sexta-feira (26), o maior campus universitário brasileiro conectado com tecnologia 5G foi inaugurado dentro do Centro Universitário Facens, em Sorocaba (SP). No local, irá funcionar o primeiro Centro de Excelência em Tecnologia 4.0.

O evento de inauguração contou com demonstrações de empresas do setor de tecnologia e telecomunicações, entre elas Motorola, Claro, Ericsson, Embratel e Qualcomm, além da John Deere, especializada em maquinário para o agronegócio.

publicidade

A inauguração com a presença do presidente Jair Bolsonaro, além da participação do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, o astronauta Marcos Pontes.

Segundo Pontes, investir em tecnologia é garantir mais qualidade de vida à população. “Se o país quiser ser competitivo no ambiente internacional, especialmente no retorno da pandemia, nós precisamos investir nas novas tecnologias e na automatização dos sistemas usados nas empresas para que elas sejam mais eficientes na produção”, disse. 

O evento foi acompanhado também pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria; e pelo prefeito da cidade, Rodrigo Manga.  

Pioneiro em inovação 

O Centro de Excelência MCTI em Tecnologia 4.0, também conhecido como 5G Smart Campus Facens, é pioneiro no país no conceito “hélice quíntupla”, que une tecnologia e inovação em prol do desenvolvimento tecnológico, principalmente por meio da Internet das Coisas (IoT), além da robótica. 

Integrado ao Plano Nacional de IoT e da Estratégia Nacional para a Transformação Digital, o centro faz parte do Parque Tecnológico de Sorocaba e irá trabalhar em tecnologias integradas ao 5G, replicadas nas indústrias de grande, médio e pequeno portes, universidades, escolas técnicas, entidades e organizações, em todos os processos, como manufatura, logística, capacitação e desenvolvimento de pessoas.  

Dessa maneira, a expectativa é de que novos postos de trabalhos também devam ser criados em vários setores da economia.

Leia mais:

5G no agronegócio 

Para demonstrar como a tecnologia do 5G auxilia no agronegócio, houve uma demonstração de um pulverizador conectado à rede por meio de um celular Moto G100 como transmissor do sinal. 

Solenidade em Sorocaba abre novas portas para investimentos em tecnologias em vários setores da economia brasileira. Imagem: Neila Rocha / Agência Brasil

A automatização do processo é um sistema inteligente que permite maior precisão na aplicação dos insumos nas lavouras, com a própria máquina fazendo a leitura e aplicação da quantidade certa dos produtos, evitando desperdícios e melhorando o rendimento em mais de 67%. 

A comitiva observou como a junção das tecnologias conectadas pela nuvem obtém sucesso na empreitada, sendo um grande avanço para o setor que corresponde a quase 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. 

“Como todos sabem, um país que não desenvolve sua ciência e tecnologia está condenado a ser escravizado por outros que detém a tecnologia. O agro segurou a nossa economia no ano passado, e essa tecnologia é muito bem-vinda”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro. 

A expectativa é que o 5G Smart Campus Facens fomente pesquisas, projetos e desenvolva soluções digitais para vários segmentos, entre eles automotivo, industrial, cidades inteligentes, telemedicina e educação. 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!