‘The Witcher: Monster Slayer’, jogo gratuito baseado em realidade aumentada e localização, ganhou data de lançamento global. O free-to-play, anunciado em 2020, chega no próximo dia 21 de julho às plataformas Android e iOS. Veja o trailer:

O título é desenvolvido pela Spokko, estúdio da CD Projekt dedicado a jogos mobile. Como o trailer e as informações já reveladas indicam, o título segue uma estrutura similar à de ‘Pokémon Go’, porém com monstros, obviamente, menos fofos.

publicidade

Leia mais:

E, claro, o objetivo não é capturar os monstros para colecionar, mas aniquilá-los. A história é ambientada antes da trama dos jogos da série ‘The Witcher’, quando os bruxos ainda eram raros. Portanto, não espere comandar mais uma vez o protagonista de saga, Geralt.

Imagem mostra mapa de The Witcher Monster Slayer
Estrutura do jogo vai parecer familiar para quem já experimentou jogos como ‘Pokémon Go’. Crédito: Spokko/Divulgação

Com inúmeros monstros à solta, a atividade vira essencial para a sobrevivência dos demais. E cabe ao jogador comandar um desses novos bruxos que ajudarão a manter a paz, rastreando e eliminando as criaturas malignas.

Além dos combates, o jogo adiciona elementos de RPG à narrativa, como conversas com NPCs, missões secundárias e progressão dos personagens.

Pré-registro disponível

Embora o jogo só vá fazer sua estreia mundial no dia 21 de julho, ‘The Witcher: Monster Slayer’ já está disponível em algumas localidades. Jogadores da Rússia, Austrália e Nova Zelândia, por exemplo, participaram de um lançamento restrito iniciado ainda no ano de 2020.

Nos demais países, incluindo o Brasil, já é possível fazer o pré-registro do jogo na Play Store. E quem fizer o cadastro antecipado recebe como recompensa a espada de aço de Kaer Morhen.

O item é adicionado automaticamente ao inventário e, quando utilizado, garante 10% a mais de pontos de experiência por cada monstro derrotado.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!