Aos 82 anos, a norte-americana Wally Funk, pioneira do setor aeroespacial, se tornará a pessoa mais velha a voar ao espaço. Ela foi convidada por Jeff Bezos a participar do primeiro voo tripulado de sua empresa de foguetes, a Blue Origin, com decolagem prevista para 20 de julho.

O recordista anterior era do astronauta John Glenn, que em 1962 foi o terceiro americano a ir ao espaço e o primeiro a entrar em órbita da Terra. Quase quatro décadas depois, ele voltou ao espaço aos 77 anos quando voou a bordo do ônibus espacial Discovery, em 1998.

publicidade

Em 1961, com apenas 21 anos, Funk se tornou uma das famosas “Mercury 13”, mulheres que foram aprovadas no programa “Mulheres no Espaço” liderado pelo Dr. William Randolph Lovelace, cirurgião de voo da Nasa.

No programa, que não era afiliado à agência espacial dos EUA, um grupo de mulheres participou de rigorosos testes físicos e mentais equivalentes aos que os astronautas (homens) da equipe “Mercury 7” da NASA, que estavam treinando para o espaço. Muitas mulheres se destacaram, e Funk pontuou melhor do que Glenn, um dos Mercury 7, em alguns testes.

“Eles me disseram que eu tinha feito melhor e concluído o trabalho mais rápido do que qualquer um dos caras”, disse Funk sobre o “Mercury 13” em um vídeo publicado pela Blue Origin.

Wally Funk e outras 12 mulheres se formaram no programa “Mulheres no Espaço”, concluindo todas as provas atribuídas. Entretanto, nunca se encontraram como um grupo, nem voaram ao espaço.

A missão de 20 de julho será o primeiro voo espacial tripulado da New Shepard. Se tudo correr conforme o planejado, Funk passará aproximadamente quatro minutos flutuando na microgravidade antes que a nave leve os passageiros de volta à Terra. O tempo total de voo será de cerca de 11 minutos.

“Vou adorar cada segundo”, disse Wally.

Funk será acompanhada pelo CEO da Blue Origin e fundador da Amazon, Jeff Bezos, pelo irmão de Bezos, Mark, e por um quarto passageiro cujo nome ainda não foi divulgado.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!