Michaela Jaé Rodriguez ou simplesmente MJ Rodriguez é a protagonista da série ‘Pose’, da FX. Nesta terça-feira (13), a atriz de 30 anos entrou para a história como a primeira mulher transexual a ser indicada em uma das principais categorias do prêmio Emmy, em Melhor Atriz em Série Dramática.

Em um vídeo gravado enquanto a atriz assistia ao anúncio dos indicados, MJ grita de felicidade ao ser citada pelo ator Ron Cephas Jones, que apresentou a cerimônia virtual junto à filha Jasmine Cephas Jones. Em entrevista ao site Deadline, a atriz comemorou a indicação e disse finalmente se sentir vista.

publicidade

Leia mais:

Natural do estado norte-americano de Nova Jersey, a atriz é filha de mãe afro-americana e pai porto-riquenho. Também cantora, ela começou no teatro em 2011, estreando na peça musical ‘Rent’. Rodriguez chegou à televisão no ano seguinte, participando de um episódio de ‘Nurse Jackie’.

“Estou sentindo tantas emoções. Estou me sentindo feliz e realizada”, destacou MJ. Recentemente, a atriz perdeu um tio. “Estou celebrando porque sinto que ele colocou as mãos em mim e no elenco de ‘Pose'”, emendou.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me.

Durante a conversa, MJ Rodriguez citou Whitney Houston como uma de suas aspirações. “Nunca pensei que isso pudesse acontecer comigo. Disse a mim mesma que não importa o que aconteça, vou continuar e nunca parar”, disse.

A atriz não poupou agradecimentos. “Sou grata que as pessoas podem realmente ver minha existência humana e podem ver o que tenho a oferecer ao mundo através da arte. Amo o que faço e represento cada interseccionalidade de ser uma artista trans que se identifica como mulher e por ser negra e latina”, pontuou.

MJ Rodriguez interpreta Blanca, em ‘Pose’. Imagem: Eric Liebowitz/FX

Com sua indicação ao Emmy, a atriz enxerga que parte da luta pela dignidade foi finalmente vencida por uma nova geração. Geração, para ela, de muitas cores e diversos estilos de vida. Assim, MJ Rodriguez quer inspirar através de suas conquistas.

Em ‘Pose’, a atriz interpreta Blanca Rodriguez, com quem tem semelhanças. “A forma como amamos, como nos importamos e como lutamos. Mas ela teve uma luta muito diferente da minha como portadora do HIV e como uma mulher que veio do nada e ainda conseguiu ser uma ótima mãe”, comentou.

Através da personagem, MJ quis se conectar com mulheres trans e também pessoas de fora da comunidade. “Eu queria mostrar como é a resiliência e a feminilidade, independentemente do tipo de feminilidade que você representa”, disse.

Além da indicação de MJ Rodriguez na categoria Melhor Atriz em Série de Drama, ‘Pose’ recebeu outras oito indicações, entre elas Melhor Série de Drama, Melhor Ator, com Billy Porter, e Melhor Diretor, com Steven Canals. A produção chegou a sua terceira e última temporada.

laverne cox
Laverne Cox foi a primeira mulher transexual a ser indicada em uma categoria de atuação do Emmy. Imagem: a katz/Shutterstock

A primeira mulher transexual a ser indicada ao Emmy foi a compositora inglesa Angela Morley, com três prêmios na categoria de Melhor Direção Musical, em 1985, 1988 e 1990. Entre as atrizes, a pioneira foi Laverne Cox, indicada quatro vezes na categoria Melhor Atriz Convidada em Série de Comédia pela participação em ‘Orange Is the New Black’, da Netflix.

No ano passado, a atriz filipina Rain Valdez foi indicada ao prêmio de Melhor Atriz em Série Curta de Comédia ou Drama, pelo papel de Belle Jonas, em ‘Razor Tongue’. Mesmo se não levar o prêmio, MJ Rodriguez já se sente uma vencedora.

“Nunca pare, continue, não importa o que digam. Mantenha sua cabeça erguida. Se alguém tentar te dizer que sua existência não vale a pena, olhe para a garota do norte de New Jersey que não tinha nada e trabalhava muito e está aqui agora. Olhe para ela e ela sempre estará lá dizendo a você tudo o que você sempre sonhou ser possível. Você merece e você é digno”, concluiu.

Via: Deadline

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!