A Nintendo tomou uma atitude incomum e veio a público negar a informação de que estaria “lucrando mais que o normal” com o lançamento da nova versão do Switch, batizada de OLED Model.

Na semana passada, um relatório do site especializado em economia Bloomberg – citando analistas da indústria – afirmou que a edição melhorada do console custou aos cofres da empresa apenas cerca de US$ 10 a mais por unidade de produção, enquanto o preço de US$ 350 é US$ 50 a mais que o modelo anterior.

publicidade

“Uma reportagem de 15 de julho de 2021 afirmava que a margem de lucro do Switch OLED Model aumentaria em comparação ao console original. Para garantir o correto entendimento entre nossos investidores e clientes, queremos deixar claro que a alegação está incorreta”, declarou a Nintendo em tuíte.

A “Big N” também disse no comunicado que, fora o OLED Model, “não tem planos para lançar qualquer outro modelo no momento”. Todavia, a empresa não revelou qualquer informação ou provas sobre as margens de lucro do Switch para rebater o relatório feito pela equipe do Bloomberg.

A Nintendo não costuma reagir a rumores, logo, é notável que tenha refutado este em questão – talvez porque as informações levantadas envolvem lucros em potenciais, e a desenvolvedora menciona especificamente “investidores” no posicionamento oficial. Então, pode ter sigo uma jogada envolvendo razões fiduciárias.

Leia mais:

Se o relatório de Bloomberg for realmente preciso, a Nintendo estaria ganhando aproximadamente US$ 40 a mais por Switch, o que é um aumento notável.

De qualquer forma, O Nintendo Switch OLED Model será lançado no próximo mês de outubro (em 2022, no Brasil) e a pré-venda começou na última quinta-feira (15). A nova versão do console substitui o display LED da edição original por uma tela OLED de 720p de 7 polegadas e duplica o armazenamento para 64 GB, enquanto adiciona uma porta Ethernet e um suporte aprimorado – saiba mais na matéria feita pelo Olhar Digital.

Fontes: engadget e The Verge

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!