Você já imaginou viajar para qualquer lugar do planeta em apenas uma hora? Isso é o que a China tenta fazer, com um modelo capaz de atingir seis vezes a velocidade do som.

O cronograma do projeto, realizado pelo Instituto de Tecnologia de Pequim e pelo Instituto de Engenharia de Sistemas de Naves Espaciais, prevê que o transporte pode começar a operar daqui a 14 anos, em 2035. No início, a aeronave vai levar até dez pessoas, mas a ideia é transportar pelo menos 100 pessoas por viagem.

publicidade

Leia também:

A super-aeronave chinesa se chama Starry Sky-2. Os detalhes do projeto de 2018 mostram um modelo com 45 metros, um terço maior do que um Boeing 737-700, avião com mais de 10 mil unidades pelo mundo que realiza voos com cerca de 150 passageiros.

Os pesquisadores chineses testam modelos aerodinâmicos no espaço, principalmente por causa dos desafios impostos pela velocidade hipersônica. Se espera que a aeronave chegue a cruzar o céu a 7.300 km/h. Um avião a jato comercial, por exemplo, viaja a “apenas” 900 km/h.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!