O Lattes, plataforma do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) usada por pesquisadores, está fora do ar há quatro dias e não há previsão para quando o sistema vai voltar. As causas do apagão não foram informadas, mas o órgão disse que já identificou o problema.

O órgão é ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e a plataforma fora do ar compromete o trabalho de pesquisadores e cientistas que dependem dela para realizarem seus trabalhados. O CNPq também é responsável pelas bolsas de pesquisa.

publicidade

Lattes fora do ar

Em nota, a entidade disse que trabalha ao lado do governo para resolver o problema, identificado no sábado, e que “não há previsão para o restabelecimento total. Todos os esforços estão sendo envidados para o pleno retorno o mais breve possível”.

Em nova atualização, o CNPq disse que iniciou a migração de dados para outro servidor e que “existem backups cujos conteúdos estão apoiando o restabelecimento dos sistemas”, evitando assim a perda de dados;

“Pedimos desculpas pelo inconveniente e manteremos todos atualizados quando tivermos mais informações. Informamos que eventuais prazos referentes às chamadas do CNPq que possam ser prejudicados pelo problema serão reavaliados”, completou ainda.

O currículo Lattes armazena informações sobre pesquisadores de todo o Brasil e é a principal ferramenta de consulta de projetos e históricos no meio acadêmico. O CNPq ainda disse que os prazos para os editais foram suspensos ou prorrogados durante esse período. “Informamos, também, que todos os prazos estão suspensos e serão prorrogados”, disse o órgão.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!