Meses depois de escrever uma carta aberta em protesto contra a decisão da WarnerMedia de lançar o próximo épico de ficção científica, ‘Duna’, simultaneamente no HBO Max e nos cinemas, o diretor Denis Villeneuve voltou a criticar a empresa pela medida tomada. Em entrevista à revista britânica Total Film, ele afirma estar desapontado e comparou o ato de assistir um grande blockbuster em casa a dirigir “uma lancha na sua banheira”.

Em dezembro de 2020, dias depois da Warner Bros. sobre todos os filmes de 2021 terem lançamento simultâneo nos cinemas e no streaming, Villeneuve escreve uma carta refutando fortemente a medida. Ele concordou que, por conta da pandemia de Covid-19, “a segurança pública vem em primeiro lugar”, porém alertou que o HBO Max e outras plataformas sozinhas “não podem sustentar a indústria cinematográfica”.

publicidade

Em seu protesto, ele se juntou a Christopher Nolan, que também expressou consternação com a maneira como a Warner Bros. havia pego os cineastas de surpresa – além de ter chamado o serviço de streaming da empresa de “o pior”.

Duna
Elenco de ‘Duna’ tem grande elenco: Timothée Chalamet, Oscar Isaac, Zendaya, Josh Brolin e Dave Bautista. Imagem: Warner Bros./Divulgação. Imagem: WarnerBros/Divulgação

“Em primeiro lugar, o inimigo do cinema é a pandemia. É isso. Entendemos que a indústria do cinema está sob uma pressão tremenda agora. Isso eu entendo. Da maneira como aconteceu, ainda não estou feliz. Francamente, assistir ‘Duna’ na televisão… a melhor maneira que posso comparar é ‘dirigir uma lancha em sua banheira’. Para mim, é ridículo. É um filme que foi feito como um tributo à experiência da tela grande”, declarou o diretor.

Baseado no romance de 1965 de Frank Herbert, o novo filme foi anteriormente adaptado para a “tela grande” por David Lynch, mas registrou respostas desastrosas – tanto de crítica quanto bilheteria. Antes disso, o cineasta cult Alejandro Jodorowsky passou anos montando uma adaptação, mas acabou sendo cancelada devido a problemas de orçamento. Por anos, o romance foi considerado muito denso para ser transformado em um longa-metragem, uma preocupação que não passou despercebida por Villeneuve. À revista, ele disse que todos “estão satisfeitos” com o que ele entregou e afirmar estar “muito otimista” com os vindouros resultados.

Enquanto Nolan está sendo cortejado por estúdios rivais após sua desavença com a Warner Bros, Villeneuve mantém a relação com a empresa, mesmo após as duras críticas. E mais: ele não só tem apenas outro filme de ‘Duna’ para fazer, como também um spin-off destinado ao, pasmem, HBO Max.

Estrelado por Timothée Chalamet, Zendaya, Oscar Isaac, Rebecca Ferguson, Josh Brolin, Jason Momoa, Davie Bautista, Stellan Skarsgård e Javier Bardem, a produção terá sua estreia mundial no Festival de Cinema de Veneza e será lançado em 22 de outubro nos EUA – simultaneamente no HBO Max. No Brasil, a estreia deve ocorrer no mesmo mês e, 35 dias depois, o longa será disponibilizado no serviço de streaming. Leia a sinopse oficial abaixo:

“A jornada de um herói mítico e emocionalmente carregado, Duna conta a história de Paul Atreides, um jovem brilhante e talentoso nascido para um grande destino além de sua compreensão, que deve viajar para o planeta mais perigoso do universo para garantir o futuro de sua família e seu povo.

À medida que forças malévolas explodem em conflito pelo suprimento exclusivo do recurso mais precioso que existe no planeta – uma mercadoria capaz de desbloquear o maior potencial da humanidade – apenas aqueles que podem vencer seu medo sobreviverão.”

Leia mais:

Fonte: Collider

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!