O governo de Singapura começou a testar robôs policiais para o patrulhamento de áreas públicas. Os dispositivos têm autorização para notificar o comportamento social considerado inadequado pelas entidades, além de atitudes que desrespeitarem as normas de segurança contra a Covid-19.

De acordo com as autoridades de Singapura, por enquanto, o patrulhamento será feito por dois robôs policiais autônomos desenvolvidos pelo Home Team Science and Technology Agency de Singapura. Batizados de Xavier, a dupla de policiais robóticos está equipada com câmeras que podem detectar os hábitos das pessoas e emitir alertas para o centro de comando e controle da polícia.

publicidade

Segundo os desenvolvedores, a patrulha robótica passará por um período de testes de três semanas. Neste período, os robôs apenas observarão os cidadãos para assimilarem os seus hábitos e somente após esta etapa de reconhecimento é que estarão habilitados para emitirem julgamentos.

Leia mais:

De acordo com o porta-voz do governo de Singapura: “a implantação do Xavier apoiará o trabalho dos funcionários públicos, pois reduzirá a mão de obra necessária para o patrulhamento a pé e aumentará a eficiência da operação”, disse a agência.

Singapura é considerado um dos países mais seguros do mundo , em agosto de 2021, o ministro de assuntos internos K Shanmugam declarou que a cidade-estado pretende ter mais de 200 mil câmeras da polícia até 2030, o número é mais do que o dobro de câmeras instaladas em todo o estado insular no sudeste da Ásia.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!