Conversamos com Fabio La Selva, head de Cloud Education do Google para a América Latina, sobre os projetos do Capacita+ e as sessões de treinamento do Google Hero. Antes de continuarmos, próxima sessão do Google Cloud Hero será de Data Skills, e acontece no dia 8 de outubro. Os desenvolvedores interessados em participar podem se inscrever no site do Capacita+.

Potencial da gamificação na educação

Fábio, queria que você contasse para a gente é qual a diferença que que a gamificação pode fazer na educação, a gente sabe que ela pode ser um grande diferencial para a pessoa aprender melhor, essa coisa de estímulo e retorno, né? 

publicidade

Acredito que a questão da gamificação vem ao encontro do Cloud Hero, um dos programas que a gente oferece no Capacita+, nosso portal novo de educação onde a gente oferece vários recursos de educação para todos os envolvedores do mercado. 

Fabio La Selva, head de Cloud Education do Google para a América Latina.
Fabio La Selva, head de Cloud Education do Google para a América Latina

A questão da gamificação a gente acredita que é muito importante, porque ela faz com que o usuário, que o desenvolvedor engaje com o conteúdo e participe mais. A gente vê com dados aqui do nosso time de treinamento, que nesse tipo de modalidade, os usuários acabam interagindo mais com os instrutores com os conteúdos e dessa forma eles conseguem absorver esses conteúdos da melhor forma, né? Então até para te dar o gancho, você comentou dessa gamificação, então a gente tem os eventos Cloud Hero, e a gente está disponibilizando esse tipo de treinamento dentro dessa nossa nova plataforma e o Capacita+. 

Como funciona o treinamento com gamificação

Só para entender melhor, como é que funcionam as sessões de treinamento gamificados do Capacita+. Vocês se oferecem tipo todas as ferramentas para as empresas poderem aplicar isso, mas as aulas sempre passam por vocês, pelo site, né? 

Sim, temos instrutores treinados nessas frentes e em temas específicos aqui do Brasil, a gente vai ter Cloud Hero de Data Skills, onde a gente vai abordar aí a linguagem de dados e o de Infra Skills, ou conteúdos de infraestrutura e esses treinadores desses instrutores são eles que conduzem os desenvolvedores no conteúdo, e tudo treina no mesmo dia, são três horas de treinamento. 

Eles começam, dão umas coordenadas, dão o login para ele entrar na plataforma é o Quick Labs, que a nossa plataforma de ensino aqui do Google, eles vão conduzindo, e no final tem um ranking, né? Tem uma competição mesmo, o que estimula as pessoas a participarem, a compararem os seus resultados. Mas é tudo para ser feito no dia e terminar no dia mesmo. 

Capacita+ e o Google Cloud Hero

Sobre o Capacita+, você acredita que ele pode fazer a diferença, tanto para o mercado de trabalho quanto para as empresas? 

O Capacita+ se encaixa perfeitamente na nossa estratégia de educação, porque é conhecido do mercado que a gente tem esse gap de talentos hoje, muito aumentado também com pela questão da pandemia. Hoje no mercado de tecnologia a gente vê essa necessidade, uma demanda absurda de talentos, e a gente não tem a oferta necessária, então é por isso que o Google entende que além de contratar essas pessoas, podemos ajudar a capacitá-las.

Google Cloud / Divulgação/Google

Acreditamos que a gente também tem uma responsabilidade, queremos nos comprometer a ir além e também conseguir colocar nossos conteúdos para capacitar essas pessoas. A gente tem hoje, o programa de educação com instituições do ensino superior, que vem tendo muitos resultados, a gente vem conseguindo capacitar essas pessoas e deixando elas prontas pro mercado. 

E não somente isso, a gente quer levar ela até o final da cadeia, né? A gente não quer só capacitar elas para o mercado, mas a gente também quer deixar elas prontas para serem empregadas. A palavra-chave é empregabilidade. Inclusive a gente tem um evento, uma feira de trabalho que a gente faz uma vez por semestre, e a gente fez a primeira em julho, conectando elas com essas empresas. 

Mas, voltando para sua pergunta sobre a plataforma, a gente entende que ela é o passo além. Como é que a gente consegue escalar? Então a gente tem esses programas com as universidades, e a gente pensou na plataforma como uma forma de entrar em contato de uma maneira mais rápida com as pessoas que interessadas além das universidades, com os nossos conteúdos e produtos do Google.

Como é que funciona a mecânica do treinamento do Cloud Hero?

No site no Capacita+ você encontra toda a agenda de eventos até o fim do ano. A mecânica é a seguinte, o usuário se registra, tem um link para registro ele vai colocar lá os seus dados.  Depois ele vai receber um e-mail para ele conseguir entrar no evento durante o dia, isso também vai para agenda dele do Google, e depois desse registro ele recebe todas as informações para entrar no dia do evento. Quando o evento começar, ele vai seguir o passo a passo do nosso instrutor treinado que vai orientá-lo. 

Data Skills e Infra Skills

Qual é a diferença entre os treinamentos Data Skills e Infra Skills? 

Então, os Data Skils são mais para aquele desenvolvedor que ele está focado em uma carreira relacionada com análise de dados a gerenciamento de negócio, então as soluções que a gente utiliza no treinamento são Big Query, Cloud Speech, APIs, Cloud Natural Language, Data Flow, entre outros. Para ficar mais fácil de entender, é mais voltado para quem busca uma carreira de análise de dados e de análise de negócio.

Leia mais:

Já o Infra Skills, ele é mais focado para a infraestrutura do Google Cloud, então os temas que a gente aborda são CloudShield, criação e implementação de máquinas virtuais no Google Compute Engine e também Kubernetes, então é mais na parte como a gente infraestrutura mesmo. 

Quais são os próximos passos para o Google Cloud no Brasil? 

A gente acredita realmente que a educação é um grande pilar para esse próximo passo. Como a gente viu, essa questão do gap de talentos, isso impacta muito no nosso negócio como um todo. A gente tem a tecnologia necessária, mas precisamos de pessoas para implementá lo Por isso nós viemos investindo nessas parcerias de educação, justamente para a gente conseguir trazer para o mercado. Esse avanço do lado pessoal mesmo que a gente tanto precisa, para conseguir aplicar na prática essa tecnologia, não adianta nada a gente ter a tecnologia e não termos as pessoas para aplicá-la.

Google Cloud / Divulgação/Google

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!