A situação da China contra a criptomoeda pode resultar em uma proibição ainda maior. Segundo a Reuters, o país acrescentou a mineração de criptografia a uma possível “lista negativa” que limita ou proíbe totalmente os investimentos em alguns setores, sejam de chineses ou estrangeiros. 

Com isso, os investidores em potencial precisariam obter aprovações, o que é muito difícil uma vez que o país possui uma postura anti-criptográfica. O site Bitocoin.com pontuou que a Comissão de Desenvolvimento e Reforma da China está pedindo a opinião pública sobre a lista até 14 de outubro.

publicidade

Leia mais:

Por outro lado, é duvidoso que isso mude a abordagem acerca da mineração de criptomoedas. A China considerou as transações criptográficas ilegais, alegando que a moeda digital gerou um aumento na lavagem de dinheiro e também outros crimes financeiros.

A China possui a sua própria criptomoeda, só que alguns suspeitam que a intenção seja apenas uma moeda mais estável e que possa controlar diretamente. Tudo isso pode fazer com que a criptomoeda seja impraticável na China. 

Fonte: Engadget

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!