Velozes e Furiosos’ é um marco para a indústria cinematográfica e cultura pop não somente por conta das sequências de corridas, ação desenfreada ou mesmo uma extensa franquia de longas, mas também por conta de uma inimizade entre duas estrelas de Hollywood: The Rock Vin Diesel. Após se desentenderem no set do oitavo filme, os dois começaram a trocar farpas em entrevistas e outros eventos – o que levou à saída de “The Rock” da saga.

Para a alegria dos fãs dos atores e da série de filmes, no entanto, a famosa briga acabou! A informação foi confirmada por The Rock em uma nova entrevista à revista Vanity Fair. O ator revelou que após uma conversa direta e tensa entre eles, ambos resolveram “enterrar a rixa” pelo bem da franquia.

publicidade

Porém, não pense que os dois chegaram a um acordo pacífico e a partir de agora serão amigos. O intérprete de Luke Hobbs deixou bem claro que ele e Diesel possuem diferenças irreconciliáveis e não devem continuar juntos nos dois próximos – e últimos – filmes de ‘Velozes e Furiosos’, mas não devem mais se agredir verbalmente.

the rock vin diesel
‘Velozes e Furiosos’: Dwayne “The Rock” Johnson afirma que enterrou rixa com Vin Diesel. Imagem: Universal Pictures/Reprodução

“Bem, houve uma reunião. Eu não diria que foi pacífica. Eu diria que foi uma reunião para esclarecer as coisas. Ele e eu tivemos uma boa conversa no meu trailer, e foi dessa conversa que ficou absolutamente claro que estamos em extremos opostos de um espectro, e decidimos deixar assim mesmo”, declarou The Rock à Vanity Fair.

The Rock x Vin Diesel: entenda a briga

A discussão entre os atores atingiu o ápice durante as gravações de ‘Velozes & Furiosos 8’, em 2016. Ambos começaram a entrar em um clima de rivalidade, que segundo Diesel em diversas entrevistas foi motivada por ele ter tentado obter um melhor desempenho de The Rock – que não teria gostado dos “puxões de orelha”.

Johnson, por sua vez, sempre afirmou que o protagonista de ‘Velozes e Furiosos’ estava com “inveja” da popularidade dele no filme – algo que ocorreria desde as gravações do quinto filme, no Rio de Janeiro. Ainda em 2016, publicou um texto no Instagram criticando membros do elenco masculino, afirmando que alguns “não eram profissionais” no set.

Ao não dar nomes, The Rock alimentou rumores de uma rivalidade com Diesel e, desde então, ambos “trocaram farpas” em entrevistas e eventos. Também na entrevista, ele falou sobre a publicação, já deletada da rede social, e afirmou que não se arrepende do que falou, mas admite que “não estava em seu melhor dia”.

Leia mais:

“Eu falei sério. Com certeza. Quero dizer o que digo quando digo. Mas expressar isso publicamente não era a coisa certa a fazer. Isso causou uma tempestade de fogo. Ainda assim, curiosamente, foi como se cada membro da equipe encontrasse seu caminho até mim e silenciosamente me agradecesse ou me enviasse um bilhete. Mas, sim, não foi meu melhor dia”, desabafou o ator.

“Eu não deveria ter compartilhado isso. Porque no fim, isso vai contra o meu DNA. Eu não compartilho coisas assim. E eu cuido desse tipo de besteira longe do público. Eles não precisam saber disso. É por isso que digo que não foi meu melhor dia”, disse ele, que deixou a franquia após ‘Hobbs & Shaw’ (2019), primeiro filme derivado da sequência.

Enquanto esteve na franquia ‘Velozes & Furiosos’, The Rock participou de quatro filmes da saga principal, além do próprio spin-off, onde contracenou ao lado de Jason Statham. Já Diesel está presente na saga desde o começo, em 2000, e ainda protagonizará os dois últimos filmes que encerrarão a saga – que devem ser duas partes de uma história única.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!