Quem está na internet desde que ‘tudo era mato’ já viu diversas redes sociais nascerem, se popularizarem e acabarem com a mesma rapidez, isso aconteceu com o ICQ, Fotolog, MSN Messenger, Orkut e muitas outras.

Enquanto existem algumas outras que estão aguentando firme a rapidez da atualidade, entre elas, é possível destacar o Facebook e seus outros braços (Instagram e WhatsApp), e o próprio Twitter.

publicidade
Facebook no Android (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
O Facebook está se tornando passado para os adolescentes. (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

No entanto, em março deste ano, um grupo de pesquisadores realizou um estudo interno que mostrou que o Facebook está perdendo a popularidade entre os adolescentes. O tempo que os jovens norte-americanos passam na plataforma diminuiu em 16%.

A rede também está sendo deixada de lado pelos mais velhos, estes começaram a passar 5% menos tempo no Facebook. Soube-se também que as pessoas começaram a criar contas mais tarde na plataforma.

Anteriormente, os residentes dos Estados Unidos criavam um perfil no Facebook entre os 19 e 20 anos, mas agora isso acontece entre os 24 e 25 anos, isso quando criam uma conta, pois cresceu o número de pessoas que não desejam mais acessar a rede social de Mark Zuckerberg.

Leia também!

Joe Osborne, porta-voz do Facebook, afirmou que os jovens continuam na plataforma, mas que nos últimos anos a concorrência cresceu, com novas redes sociais que também demandam tempo dos adolescentes.

De acordo com a empresa, os próprios adolescentes privam o interesse dos demais, sejam irmãos mais novos, ou amigos próximos. É possível notar que a influência dos jovens em outros jovens é muito forte, pois um tende a copiar os padrões de comportamento dos outros, incluindo o que consumir na internet.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!