Os campeonatos estaduais de futebol podem não ser mais tão atrativos quanto décadas atrás. Mesmo assim, as plataformas de streaming que passaram a incluir o desporto em seus catálogos ainda os desejam. Nesta segunda-feira (1º), a WarnerMedia venceu a concorrência da Disney e ficou com os direitos de transmissão do Campeonato Paulista.

A Globo já havia deixado a competição, com a TV Record assumindo a transmissão na televisão aberta. Sob a nova tutela, a competição do estado de São Paulo vai ser exibida tanto na TV a cabo quanto no streaming a partir de 2022, no canal TNT e no serviço HBO Max.

publicidade

Leia também:

O contrato de transmissão da WarnerMedia vai até 2025. Além disso, a Federação Paulista de Futebol (FPF) oficializou um acordo com o YouTube. Assim como a Record, o site de vídeos do Google vai passar 16 jogos do Campeonato Paulista, com a mesma duração de contrato.

De acordo com o site Notícias da TV, o valor oferecido pela companhia pesou, eliminando a concorrência da Disney, que desejava a competição para a ESPN e para o streaming Star+.

O processo de venda dos direitos da competição foi realizado pela companhia LiveMode. Esse já é o terceiro contrato da FPF para a transmissão do estadual de São Paulo após o fim do vínculo com a Rede Globo. Antes, a emissora carioca pagava R$ 225 milhões para ter exclusividade em todas as mídias, tanto TV aberta como paga e o pay-per view.

Campeonato Pernambucano é o único mantido pela Globo
A Globo mantém apenas o Campeonato Pernambucano em 2022. Imagem: Tiago Caldas/CNC

Agora, a Globo fica apenas com um Estadual em 2022. O Campeonato Pernambucano do ano que vem será exibido pela emissora em suas mídias. Mas, a tendência atual é que o canal também deixe a competição em 2023, pois deseja focar em competições maiores, como a Libertadores da América, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série A e B.

O HBO Max já possui da Liga dos Campeões da Europa, até 2024, e o Brasileirão, até o final deste ano. O estadual exerceu atração sobre a WarnerMedia pelo conceito de exclusividade, já que, diferente da Série Ao, poderá exibir para qualquer lugar sem bloqueio na região em que acontece a partida.

Assim como acontece no continental estrangeiro, a ideia dos meios que vão exibir o Campeonato Paulista é manter uma produção centralizada dos jogos, uniformizando a experiência dos torcedores e criando uma identidade visual.

Via: Folha de São Paulo / Notícias da TV (2)

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!