Se você estava esperando o sucessor para o Pixelbook, saiba que ele não deve ser apresentado neste ano e nem em 2022. De acordo com informações do próprio Google, o próximo Chromebook com hardware de ponta só deve aparecer em algum momento a partir de 2023 e ele pode chegar com o processador ARM Tensor, criado pela própria gigante das buscas.

O primeiro Pixelbook foi lançado em 2017 e foi responsável por levar hardware topo de linha para o Chrome OS, em um Chromebook bastante robusto. O portátil utiliza o formato 2 em 1 e poderia ser configurado em opções envolvendo um processador Intel Core i5 ou i7 de sétima geração, SSD de até 512 GB e 8 GB ou 16 GB de RAM. É uma força bruta muito acima do necessário para o sistema operacional rodar com folga.

publicidade

Leia também

Pixelbook (Imagem: divulgação/Google)
Pixelbook (Imagem: divulgação/Google)

Este foi o primeiro e único Pixelbook, se você colocar o Pixelbook Go de 2019 dentro da categoria dele, que é mais de entrada e custando consideravelmente menos. Não lançar uma nova geração após um ano não é algo comum, mas ainda mais incomum é deixar para colocar um novo produto sucessor apenas seis anos após a geração passada.

Google testa o Tensor em modelos de Chromebook

Este banho de água fria nos amantes do Pixelbook vem diretamente de Chrys Tsolaki, gerente do Google para parcerias com varejo. Segundo o executivo, a gigante das buscas não lançará uma nova geração para este portátil neste ano e nem em 2022, mas deixou aberta a possibilidade de alguma coisa acontecer em 2023.

Rumores recentes já apontavam para o Google colocando uma versão alterada do chip Tensor em dispositivos com Chrome OS a partir de 2023, ano que pode estar alinhado com o comentário de Tsolaki. Este caminho pode ser semelhante ao trilhado pela Apple com o M1 e no lado do Chromebook a situação é melhor, já que existem muitos notebooks com este sistema operacional e chip ARM rodando por baixo do capô.

Colocar um Pixelbook com chip ARM não seria exatamente uma novidade para a plataforma do Chromebook.

Via: Android Central.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!