Coronavírus

Bebê que tomou vacina da Pfizer por engano sofre convulsões, diz família

07/12/21 16h29
bebê vacina

O bebê de dois meses que recebeu por engano a vacina contra a Covid-19 no lugar da pentavalente em Sorocaba, no interior de São Paulo, está sofrendo convulsões, segundo a família em entrevista para a TV TEM nesta terça-feira (7). Outra criança, com quatro meses de vida, também foi vítima do erro e segue internada. 

O caso aconteceu na última quinta-feira (2). No lugar da vacina contra a Covid-19 os bebês deveriam ter tomado a vacina pentavalente, que age contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b. 

Bebês receberam vacina da Covid-19

“O secretário de Saúde chegou e falou: ‘olha, mãe, três crianças foram vacinadas com a penta aqui ontem. Duas delas (bebês) receberam a vacina da Covid. Nós não temos como saber quais destas crianças foram as que receberam’. Pediram desculpa, só que é uma vida. E se matasse a minha filha?”, contou Ana Cláudia Mugnos Riello, uma das mães.

Leia também!

“Como uma pessoa pode dar uma coisa errada para uma criança? É um neném ainda. Chorei muito, porque se acontece algo com meu filho?”, disse  Kathillyn Monteiro da Silva, outra mãe, que recebeu a visita do secretário de saúde em casa.

Lembrando que a dosagem da vacina da Pfizer testada atualmente em bebês é bem menor do que a aplicada atualmente em adultos. 

A Prefeitura de Sorocaba confirmou o caso e afirmou que abriu um Processo Administrativo Disciplinar para apurar a situação. “Por ora, a técnica de enfermagem que fez a aplicação foi afastada da sala de procedimentos injetáveis até a apuração e verificação das medidas que serão tomadas”, informou. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags