A Waymo fechou parceria com a Zeekr, marca de luxo da montadora chinesa Geely, para desenvolver carros autônomos 100% dedicados à sua frota. Ligada ao Google, a Waymo atualmente é a única plataforma de táxis sem motorista nos Estados Unidos. Até então, a companhia usava apenas minivans adaptadas da Chrysler como veículos de serviço.

A Waymo esperava fazer o anúncio da parceria durante a CES (Consumer Electronics Show) em Las Vegas, no mês que vem, mas desistiu do evento após o avanço da variante ômicron do Covid-19 nos EUA. Por enquanto, não há data definida para a revelação do carro autônomo em tamanho real, embora a empresa tenha apresentado uma imagem em 3D da minivan (detalhe na imagem principal), que foi projetada no China Europe Vehicle Technology Centre, em Gotemburgo (Suécia). Vale lembrar, aliás, que a cidade na Suécia é a casa da Volvo, uma das marcas controladas pela Geely.

publicidade
Minivan feita pela Zeekr para o serviço de carros autônomos Waymo
Waymo/Divulgação

Com visual futurista, o carro projetado pela Zeekr para a Waymo possui quatro portas deslizantes. Como a estrutura não conta com um pilar B, as portas dianteiras podem ser deslizadas para a frente, enquanto as traseiras vão para trás. O assoalho é baixo e o espaço interno conta com duas fileiras de assentos para acomodar até cinco passageiros.

Minivan feita pela Zeekr para o serviço de carros autônomos Waymo
Waymo/Divulgação

Minivan deve ser introduzida “nos próximos anos”

No comunicado oficial, a Waymo afirma que “ao mesmo tempo que [o carro] garante um nível de segurança consistente com os padrões dos veículos federais dos EUA, os passageiros um dia terão um interior sem volante e pedais e com bastante espaço para as pernas e assentos reclináveis, telas e carregadores ao alcance do braço e uma cabine de veículo confortável e fácil de configurar”. Segundo a empresa, a minivan da Zeekr deve ser introduzida nas estradas “nos próximos anos”.

A empresa também deixou claro que o projeto apresentado nas imagens é ilustrativo e que o design, de fato, só será revelado quando o veículo for para a linha de montagem.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!