A LG Display anunciou nesta semana uma nova tecnologia para suas futuras TVs OLED, com o nome de OLED EX. O objetivo da criação, que será apresentada com mais detalhes durante a próxima semana, é aumentar o brilho presente nos televisores equipados com diodos orgânicos.

Telas OLED conseguem iluminar pixels de forma individual, criando contraste que beira o infinito, já que o preto é uma “lâmpada desligada” e emitindo um total de zero luz, logo ao lado de um pixel aceso e trabalhando com toda força. Se por um lado estes aparelhos de TV são ótimos em contraste, por outro alguns modelos LCD conseguem brilho superior.

publicidade

Leia também

LG OLED EX promete telas com mais brilho (Imagem: divulgação/LG Display)
LG OLED EX promete telas com mais brilho (Imagem: divulgação/LG Display)

É pensando neste cenário que a LG criou uma pequena alteração dentro do painel OLED e chamou ele de OLED EX. A promessa da empresa coreana está no incremento de 30% para a capacidade de emissão de luz. Além de promover imagens com contraste ainda maior, este aumento também tende a melhorar a precisão na hora de exibir cores.

Levando o trabalho da LG para os termos técnicos, a empresa diz ter trocado um dos materiais que estão dentro do display, deixando o hidrogênio de lado e utilizando agora compostos de deutério. Uma vez inserido nos diodos orgânicos e estabilizado com o aprendizado de máquina da empresa, é esperada uma eficiência maior no brilho.

O novo painel pode trabalhar com imagens 8K, além de ocupar menos espaço na espessura do display. A LG diz ter conseguido diminuir de seis para quatro milímetros na profundidade do painel, em uma TV de 65 polegadas. Além disso, as bordas da tela foram reduzidas em 30%, quando comparadas ao que existe em televisores OLED disponíveis no mercado.

A previsão é de ter toda a produção de novas TV OLED da LG migrada para o novo OLED EX já no segundo trimestre do ano que vem, ao menos para as fábricas da empresa na Coreia do Sul e China.

Via: LG Display.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!