Já imaginou ter a mesma facilidade que os usuários da Apple tem para integrar os sistemas e aplicativos? O Google está testando fazer o mesmo pelos usuários do Android e do Chrome em seu ecossistema. A novidade foi anunciada na CES 2022 e o objetivo é de que as pessoas possam facilmente configurar, conectar e compartilhar perfeitamente entre plataformas. 

Para isso, é necessária a expansão dos recursos existentes de Fast Pair e Chromecast para mais produtos, além de melhorar o compartilhamento de dados entre dispositivos Android. O Google disse que “pela primeira vez com o Android, também estamos focados em construir para outras plataformas, como o Windows”.

publicidade

A empresa está trabalhando com Acer, HP e Intel para trazer o Fast Pair para computadores com Windows para que haja rápida conexão do aparelho celular. Dessa forma, as pessoas podem configurar acessórios como Bluetooth, sincronizar suas mensagens de texto e compartilhar arquivos.

Uma caixa de diálogo pop-up em uma Android TV perguntando se o usuário deseja conectar seus Pixel Buds detectados.

Com isso, o Google informou que permitirá que as pessoas conectem os seus fones de ouvido ao Google TV ou Android TV nos próximos meses, e o Fast Pair funcionará com novos dispositivos domésticos inteligentes. Pode não parecer tão simples quanto a configuração do HomePod da Apple, em que é só segurar o iPhone perto do alto-falante para acionar o processo de instalação, mas podemos esperar algo bom.

Após toda a configuração e sincronização, o Google também poderá habilitar conexões convenientes como AirPlay ou AirDrop da Apple. Isso porque a empresa está trazendo suporte ao Cast para mais marcas, começando com todos os alto-falantes inteligentes, para seja possível transmitir música e áudio de seu telefone Android para caixas de som compatíveis. 

E não para por aí, a empresa também está “desenvolvendo uma tecnologia para fones de ouvido habilitados para Bluetooth” que permitirá que eles alternem automaticamente a saída de áudio dependendo do dispositivo que você estiver usando. Ou seja, se você estiver usando fones de ouvido enquanto assiste a um programa em seu tablet Android e recebe uma chamada, o sistema irá pausar o seu filme e os fones de ouvido irão mudar para o seu telefone e só voltarão para o seu tablet quando a conversa terminar.

Uma animação que mostra como a alternância de áudio entre um tablet e telefone Android funciona quando uma chamada é recebida neste último.

O Google investiu também na tecnologia dos seus fones de ouvido para que sejam compatíveis com um suporte de áudio espacial para que se possa ouvir o som direcional com base nos movimentos da cabeça para experiências mais envolventes. 

Também nos próximos meses, bloquear e desbloquear dispositivos e veículos também está ficando mais fácil. Assim como no Apple Watch e alguns dispositivos Samsung, será possível usar seu relógio Wear OS 3 emparelhado para manter o Chromebook e dispositivos Android desbloqueados quando estiver por perto.

Leia também!

Uma animação mostrando um telefone e um Chromebook.  Quando uma mensagem aparece no telefone, uma pequena janela aparece no canto inferior direito do Chromebook.

Para além das tecnologias dos aparelhos eletrônicos, os carros também estão recebendo uma atualização do Android. Sendo assim, os telefones Samsung ou Pixel compatíveis poderão bloquear, desbloquear e iniciar veículos BMW compatíveis. 

Sem contar que os telefones com suporte de banda ultralarga podem abrir as portas do carro sem você ter que sair com a chave no bolso. A empresa disse que está “trabalhando para trazer as chaves digitais do carro para mais telefones e veículos Android ainda este ano”.

As novidades anunciadas seguem a visão a ambiental da empresa. “Este é um tipo de elemento fundamental para alcançarmos a visão de computação ambiental”, afirmou o vice-presidente de experiências de vários dispositivos, Erik Kay.

Fonte: Engadget

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!