Dois policiais do Departamento de Polícia de Los Angeles foram demitidos após serem pegos ignorando o chamado da radiopatrulha para tentar capturar um Snorlax, do jogo “Pokémon GO“.

Os oficiais Louis Lozano e Eric Mitchell estavam sendo gravados por um sistema digital de vídeo interno ao carro (DICVS), quando ignoraram o pedido de reforços numa perseguição após um roubo no dia 15 de abril de 2017 para jogar “Pokémon GO”, jogo para smartphones de realidade aumentada desenvolvido pela Niantic, Inc., a Nintendo e a The Pokémon Company.

publicidade

Agora, eles foram oficialmente demitidos depois que um conselho de direitos considerou a dupla como “culpada de várias acusações de má conduta” baseados nas “gravações que capturaram os peticionários abdicando deliberadamente de seu dever de ajudar em resposta ao seu comandante para um assalto em andamento e jogando um jogo de telefone móvel de Pokémon enquanto estavam em serviço”, disse a sentença.

Essa sentença é uma resposta à apelação dos dois policiais, que alegaram que a cidade “procedeu de forma contrária à lei ao usar as gravações de DICVS no processo disciplinar e por negar a eles as proteções da ‘Lei Processual da Declaração de Direitos dos Oficiais de Segurança Pública’,” mas um tribunal de primeira instância negou a petição contestando as demissões, e um painel de três juízes do tribunal de apelação confirmou por unanimidade a decisão na sexta-feira.

Na data do ocorrido, a dupla estava em patrulha num local próximo, quando receberam o chamado do rádio para responder a um assalto que estava ocorrendo na loja de departamentos ‘Macy’s’, no Chenshaw Mall. Os dois falaram ao supervisor, o Sargento Jose Gomez, que não ouviram o chamado para reforços no shopping, mas as imagens disseram outra coisa.

A descrição das imagens no processo indica que, após a segunda tentativa de contato com os policiais, o Oficial Lozano perguntou se eles deveriam questionar se havia alguma mensagem para eles. Mas o Oficial Mitchell respondeu: “Você decide. O que você quiser. Eu não quero que eles achem que nós não estamos prestando atenção ao rádio”, no que Lozano respondeu: “Ah, dane-se”.

pokemon go policiais
Pokémon Snorlax teria sido a motivação dos policiais para não responder ao chamado. Divulgação/Niantic, Inc.

Leia mais!

Depois disso, os dois não fizeram nenhuma tentativa de responder ao rádio, e em vez de ir em direção à cena do assalto, e foram na direção oposta, se distanciando do shopping. Em seguida, eles continuaram dirigindo até capturarem um Pokémon Snorlax. Eles ainda teriam capturado um Togetic.

Quando questionados, os policiais negaram estar jogando “Pokémon GO” e disseram estar apenas conversando sobre o jogo, mas a história não convenceu ninguém e agora os dois foram oficialmente demitidos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!