Julian Lennon, filho mais velho de John Lennon, anunciou a venda de objetos históricos da coleção do pai e dos Beatles. A diferença, porém, é que esses itens da banda serão entregues aos compradores no formato NFT, o famoso token não fungível (ou non-fungible token, em inglês).

A coleção conta com lance mínimo de US$ 4 mil, cerca de R$ 21,6 mil, na cotação desta quarta-feira (26), com o dólar vendido a R$ 5,42. O valor é referente a cada uma de três guitarras usadas por John Lennon enquanto ainda era um membro dos Beatles, sendo duas Gibson Les Paul diferentes e uma Gibson 1959.

publicidade

Leia mais:

Mas, obviamente há objetos bem mais caros. O manuscrito da música ‘Hey Jude’, com notas de Paul McCartney, por exemplo, tem lance mínimo de US$ 30 mil, ou R$ 162 mil. Cada NFT da coleção dos Beatles vai ser oferecido como um item audiovisual, com narração do próprio filho de John Lennon e imagens do objeto.

A coleção também inclui uma capa preta usada por John Lennon no filme ‘Socorro!’ (sim, ‘Help!’, literalmente), de 1965. Outra peça de roupa usada por Lennon na tour Magical Mystery é mais um objeto que faz parte dos itens NFT vendidos por Julian.

O leilão online será realizado no dia 7 de fevereiro. Parte do dinheiro arrecadado será destinado, de acordo com Julian Lennon, à White Feather Foundation. A fundação tem como objetivo arrecadar fundos para causas ambientais e humanitárias.

O que é um NFT? Descubra como criar, comprar e vender

Via: BBC / CNN

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!