Foi liberado na manhã desta quarta-feira (3) o segundo autoteste de Covid-19 no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  O produto em questão é fabricado pela Eco Diagnóstica Ltda. e utiliza tecnologia por swab nasal não profundo e que fornece o resultado após 15 minutos.

O autoteste vai ser produzido no Brasil e é o segundo do tipo liberado por aqui. Há algumas semanas, a Anvisa permitiu que esse tipo de teste fosse utilizado em solo nacional. No entanto, cada empresa que quiser vender o produto precisa solicitar uma autorização que vai ser avaliada individualmente pelo órgão.

publicidade

De acordo com a Anvisa, a liberação desse autoteste levou 22 dias, incluindo quatro dias utilizados pela empresa solicitante para atender exigências técnicas feitas pela agência e realização de uma reunião técnica para apresentação de informações. O órgão informa ainda que “a avaliação ocorre de forma simultânea a outros pedidos de autoteste e produtos de uso profissional, já que todas as petições que envolvem produtos relacionados ao Covid-19 estão sendo priorizadas”.

Autoteste de Covid-19

O autoteste de Covid-19 permite que a pessoa realize todas as etapas de coleta de material e de diagnóstico, sem a ajuda de um profissional. O produto pode ser usado entre o 1º e o 7º dia do início de sintomas como febre, tosse, dor de garganta, coriza, dores de cabeça e no corpo.

Leia também!

Além disso, o autoteste de Covid-19 não serve como diagnóstico ou atestado, o produto funciona apenas como um indicativo e um outro teste feito por um profissional deve confirmar o diagnóstico. Os testes podem ser comprados em farmácias e unidades de saúde.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!