Depois de ser multada cinco vezes pelo órgão antitruste da Holanda, a Apple argumentou em carta que cumpriu a ordem para abrir a App Store para provedores alternativos de pagamento, como foco nos aplicativos de namoro, como Tinder. As multas semanais eram de US$ 5,7 milhões cada e foram cobradas pelo fato da dona do iPhone não ter cumprido a determinação. 

Leia mais:

publicidade

Pequena mudança técnica 

Segunda a carta enviada nesta segunda-feira (28) ao órgão de fiscalização, a solução exige apenas uma pequena mudança técnica sem custos adicionais.  

Fachada da Apple
Após receber cinco multas consecutivas, Apple cede a exigência da agência antitruste e permite métodos de pagamentos alternativos na App Store para aplicativos de namoro. Imagem: Art Silpakorn/Shutterstock

No entanto, antes de ceder à exigência, a Apple foi relutante e alegou que métodos de pagamento que não são da empresa representam um risco de segurança. 

“Cada ano de atraso é mais US$ 25 bilhões em receita para a Apple”, disse o representante da coalizão dos desenvolvedores (CAF), Damien Geradin, no início de fevereiro. “Você não gastaria alguns milhões com advogados se pudesse continuar por mais alguns anos?”, questionou.

Via: Reuters